Trabalho escravo em Barra do Choça


Um grupo de 17 adultos e quatro adolescentes foi libertado de condições análogas à escravidão em cafezal de Barra do Choça, no Sudoeste baiano. Submetidos a condições degradantes no trabalho e no alojamento, os empregados também estavam “presos” por dívidas contraídas para a compra de alimentos básicos. A libertação ocorreu em 21 de julho na Fazenda Estância, de propriedade Paulo Roberto Bastos Viana. Por meio de “gatos” (intermediários que aliciam mão de obra), foram arregimentados para a colheita dos grãos de café na periferia de Vitória da Conquista.

Segundo Joatan Gonçalves Reis, coordenador do grupo de fiscalização rural da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego da Bahia (SRTE/BA), que esteve à frente da operação, havia entre os libertados seis mulheres e quatro jovens, dois deles tinham apenas 14 e dois 16 anos de idade. Após a libertação dos trabalhadores, Paulo Roberto Bastos Viana se recusou a pagar as verbas rescisórias (cerca de R$ 25 mi) a que os trabalhadores tinham direito. Ele alegou que só poderá arcar com os valores no final da colheita. Diante da recusa, o auditor encaminhou uma cópia do relatório da inspeção ao Ministério Público do Trabalho (MPT), que deve entrar com uma ação contra o cafeicultor.
Fonte: Rede Brasil de notícias

Seminário discutirá a consolidação da Rede de Proteção aos Direitos da Criança e do Adolescente


O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente em Parceria com o Conselhos Tutelar e a Secretaria Municipal de Assistência Social estarão realizando um Seminário de Consolidação da Rede de Proteção aos Direitos da Criança e do Adolescente do Município de Barra do Choça. Será realizado no dia 18/08/2010 – quarta-feira, às 8:00 h. no Centro Educacional de Barra do Choça, situado à Praça do Estudante – Centro de Barra do Choça.
A Rede é uma integração das várias instituições da área social para proteger crianças e adolescentes em situação de risco. O tema escolhido tem o objetivo de contribuir com a efetivação das políticas voltadas para Crianças e Adolescentes. A rede é uma estrutura não hierarquizada de colaboração, os participantes dessa grande rede podem ter diferentes funções, mas compartilham da mesma responsabilidade. É nestas intenções que o evento possibilita aos participantes e posteriormente a toda comunidade, através dos meios de comunicação disponíveis que compõe a REDE DE PROTEÇÃO.
Maiores informações, acesse: www.carlossocial.com

BARRA DO CHOÇA: Reajuste salarial, ainda não foi desta vez


Ainda não foi desta vez que os servidores públicos municipais e os professores puderam comemorar o reajuste salarial 2010 com o retroativo equivalente aos meses de maio, junho, julho e agosto.
O Projeto de Lei nº. 16/2010, que dispõe sobre reajuste salarial para os servidores e professores efetivos públicos municipais, deveria ser submetido em votação nesta segunda-feira (16.08), na Câmara Municipal, porém por uma questão de interpretação, o referido projeto, não pode ser “liberado”, para ir ao plenário, onde seria discutido, analisado e votado.
Mas uma vez, a Mesa da Câmara de Vereadores a pedido da administração, resolveu segurar um pouco mais o Projeto, para que as assessorias chegassem a um consenso. Segundo o vereador Jorge Amorim, este tempo era necessário para que a administração se ajustasse, e que  os servidores não ficassem no prejuízo. O que fizemos foi agir na defesa do servidor, afirmou.

Assim, num acordo entre a Câmara Municipal e a Administração, ficou acordado que a Sessão da Câmara que seria realizado na segunda-feira (22.08), será antecipado  para quinta-feira (18), onde será colocada para apreciação e votação deste tão esperado projeto de lei. 

BARRA DO CHOÇA: Paróquia Senhor do Bonfim realiza Semana Nacional da Família


Com o objetivo de resgatar o papel formador da família dentro da sociedade e articular a sociedade organizada para buscar juntos as ferramentas necessárias para vencer a desestruturação familiar e social, a Paróquia Senhor Bonfim através da Pastoral da Família e do Movimento Familiar Cristão e demais grupos, promoverão de 16 a 22 de agosto, a Semana da Família 2010.
 A família constitui um dos bens mais preciosos da humanidade, com isso, a Semana da Família, quer fazer chegar sua voz e oferecer sua ajuda a quem, conhecendo já o valor do matrimônio e da família, procura vivê-lo fielmente; a quem, incerto e ansioso, anda à procura da verdade e a quem está impedido de viver livremente o próprio projeto familiar. Com o Tema, Família formadora de valores humanos e cristãos, a Coordenação da Semana da Família 2010.
PROGRAMAÇÃO
Dia 16 de agosto, às 14:00h, no CEBC – DIA DE FORMAÇÃO DE FORMADORES DE OPINIÃO
DIA 18 de Agosto, às 19:30h, Encontro do setor em BARRA NOVA;
DIA 19 de Agosto, às 19:30h, Encontro do setor em SANTO ANTONIO;
DIA 20 de Agosto, às 19:30h, Encontro do setor em GAVIÃOZINHO;
DIA 21 de Agosto, às 19:30h, Encontro do setor em PAU BRASIL;
DIA 22 de Agosto – GRANDE ENCONTRO COM AS COMUNIDADES
·         Ás 14:30h. – MOMENTO DE ORAÇÃO;
·         Às 15:00h. – PALESTRA;
·         Às 15:45h. – ENCONTRO COM HOMENS E MULHERES;
·         ÀS 18:00H. – SANTA MISSA DE ENCERRAMENTO
PARTICIPE!!!!

A HORA DA VERDADE


Ao longo desta década foram desenvolvidos vários programas de alfabetização em Barra do Choça (Programa Alfabetização Solidária, Aja Bahia, Brasil Alfabetizado e TOPA) que contribuíram significativamente para a redução do índice de analfabetismo no nosso município. Segundo o IBGE de 2000, Barra do Choça apresentava a taxa de analfabetismo de 35.7%, percentual considerado altíssimo e acima das médias estadual e nacional.  
Em 2010 vamos presenciar mais um recenseamento da população brasileira para podermos avaliar o fruto do trabalho desenvolvido durante o período de 2001-2010.
Aguardaremos ansiosos pelo resultado que iremos “carregar” por mais uma longa década.

Povoado Cafezal: unidos, reivindicam mais segurança para a comunidade


Uma Comissão de Moradores do Povoado Cafezal, esteve nesta última terça-feira (10.08), em Barra do Choça participando de uma reunião,  onde solicitou do Prefeito Municipal Oberdan Rocha Dias e do Comandante da Polícia Militar Jesiel Costa Santos, providências no sentido de dar àquela população mais tranquilidade e segurança.
Já faz algum tempo que o vereador Jorge Amorim, vem tentando agendar este encontro, no entanto por falta de agenda não foi possível. Mas, agora diante da necessidade e da disponibilidade tanto da administração quanto da Polícia Militar, o encontro foi possível.
Na oportunidade, os moradores relataram fatos ocorridos na referida Comunidade que deixaram as autoridades presentes impressionados pela ousadia e pela impunidade. Diante do exposto, o Comandante garantiu que as coisas iriam mudar e que estaria logo, logo tomando as providências e resolvendo a questão, o prefeito por sua vez se colocou a disposição para juntos, resolverem a questão.
Participaram do encontro, lideranças da comunidade, o prefeito Municipal Oberdan Rocha, o Comandante Jesiel Costa, os vereadores Jailton Fernandes, Demi Melo, Anaelton Freitas, Manoel Nascimento e Jorge Amorim

BARRA DO CHOÇA: Moradores entregam abaixo-assinado, contra plantação de eucalipto no Povoado Cafezal


Desde o início do problema várias cobranças foram apresentadas pelo vereador Jorge Amorim junto à Câmara Municipal, a respeito da plantação de eucalipto, a última, foi a entrega de um abaixo-assinado pelos moradores, solicitando daquela Casa, Providências junto ao Ministério Público no sentido de solucionar o problema.

Assustada, a população do Povoado uniu-se em prol desta ação, e em parceria com a Câmara de Vereadores de Barra do Choça, entregou nesta terça-feira (10.09), nas mãos da Promotora Solange Onatólio e do Prefeito Municipal Oberdan Rocha, um abaixo-assinado, contendo centenas de assinaturas, que de mão em mão correu em todo o povoado em busca de apoios. A expectativa é que o Ministério Público estabeleça uma área entre a plantação e as residências, minimizando assim, os efeitos decorrentes da plantação do Eucalipto.
Segundo o vereador Jorge Amorim, o plantio do eucalipto em áreas urbanas pode ocasionar tragédias como: incêndios, seca das fontes e lençóis freáticos, desemprego, fome, além de servir de esconderijo para marginais, dentre outros.