Corpo de Joaquim Amorim Rocha, de 84 anos, é sepultado em Barra do Choça

O corpo do barrachocese Joaquim Amorim Rocha, de 84 anos, foi sepultado nesta quinta-feira, 26/01, às 16:00 horas, no Cemitério Nova Cidade, em Barra do Choça. Seu Joaquim faleceu nesta quarta-feira, 24/01, no Hospital Cristo Redentor, em Itapetinga, onde estava internado. Ele é membro de uma família tradicional do município. Deixa quatro filhos (Batista, Vicente, … Leia Mais


Betel Assessoria e Ricardo Imóveis vendem uma casa no Primavera; Imperdível!!!

A Betel Assessoria e Ricardo Imóveis são uma referência em Vendas, Escrituras, Averbações, Aluguéis e Avaliação de Imóveis. Nesta quinta-feira, 25/01, a conceituada empresa, Líder em Pesquisas do ramo “Empresa Mais Lembrada”, colocou à venda uma casa, localizada na Avenida Juracy Magalhães, nº 1086, próximo ao Mercado de João Enrique, no bairro Primavera, em Barra do … Leia Mais



Barrachocense saiu para o trabalho e não retornou; família está desesperada


A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

Está desaparecido desde a última terça-feira, 16 de janeiro, o barrachocense Geovanildo Santos, de 28 anos. Geovanildo é morador do Pau Brasil, localidade rural de Barra do Choça.

De acordo informações colhidas pelo Blog do Jorge Amorim, Geovanildo saiu para o trabalho em Vitória da Conquista e não retornou para a sua casa. Segundo a família ele trabalhou até o meio dia da terça-feira, quando saiu para o almoço, dizendo que retornaria logo mais. Ele saiu apenas com a roupa do corpo, deixando o aparelho de celular e a carteira com documentos.

A família está desesperada com a falta de notícia do jovem. “Ele é um rapaz honesto e trabalhador”, informou a família. Quem souber de informações sobre o paradeiro de Geovanildo Santos, favor ligar para (77) 99908-5550 ou  95056-8202


Morre em Vitória da Conquista aos 89 anos, Dona Maria Batista de Oliveira


Dona Maria Batista era mãe da Drª Lázara Abadia de Oliveira Figueira, Juíza de Direto da Comarca de Barra do Choça
Foto: Acervo Familiar

Faleceu no último sábado, 20/01, em sua residência em Vitória da Conquista, a senhora Maria Batista de Oliveira, de 89 anos.

Natural de Uberaba, em Minas Gerais, Dona Maria, sogra do Doutor Manoel Augusto Sales Figueira, diretor geral das Faculdades Santo Agostinho, era mãe de Lázara Abadia de Oliveira Figueira, Juíza de Direto da Comarca de Barra do Choça.

O sepultamento ocorreu neste domingo, 21/01, às 11:00 horas, no Cemitério Parque da Cidade Real em Vitória da Conquista. Blog do Anderson


Menino que teve coração atravessado por espeto foi salvo por milagre, dizem médicas


Garoto, de 10 anos, caiu de escada em cima de tonel onde estavam equipamentos de churrasco, no Agreste do estado.

“Milagre”. Foi assim que a equipe médica classificou o caso do menino, de 10 anos, que sobreviveu mesmo depois de ter o coração atravessado por um espeto. De acordo com a cirurgiã vascular Andrea Rolim, apesar da gravidade da lesão, a criança chegou ao Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife, conversando, respondendo a perguntas e tranquila.

O acidente ocorreu quando o garoto caiu de uma escada em cima de um tonel onde estavam equipamentos para fazer churrasco, em Toritama, no Agreste, distante 170 quilômetros da capital.

Cirurgiãs Claudia Albuquerque [esq.] e Andrea Rolim atenderam menino que sobreviveu ao ter o coração perfurado por espeto em Pernambuco (Foto: Thays Estarque/G1)
Cirurgiãs Claudia Albuquerque [esq.] e Andrea Rolim atenderam menino que sobreviveu ao ter o coração perfurado por espeto em Pernambuco.

“O espeto acertou em cheio o coração. Geralmente, em casos parecidos, os pacientes chegam aqui em situação gravíssima ou, realmente, nem chegam. Isso é uma situação muito rara. Poucas vezes, vimos algo assim. Eu nunca tinha visto. Foi um verdadeiro milagre”, pontuou a médica.

Segundo a explicação da equipe médica do HR, o próprio espeto serviu para evitar o sangramento. De acordo com a cirurgiã vascular, o objeto vibrava junto com as batidas do coração. O menino está internado na unidade de saúde desde o acidente, ocorrido na quinta-feira (18).Corpo perfurado por um espeto de churrasco

 Essa vibração ajudou a equipe a fazer o diagnóstico. “A gente desconfiou que tinha uma lesão cardíaca ou o espeto estava muito próximo do coração. O objeto funcionou como uma compressão. Ele fez o buraco e também tampou essa abertura. Então, não teve sangramento”, explicou Andrea Rolim. Para a equipe médica, o fato de ninguém ter mexido no objeto foi primordial para salvar a vida da criança. Qualquer movimento de retirada poderia ter causado um grave sangramento, levando o menino a óbito. G1