Zé Raimundo e Herzem Gusmão decidirão 2º turno em Vitória da Conquista

O conquistense vai precisar esperar um pouco mais para conhecer seu próximo prefeito. Os candidatos Herzem Gusmão (MDB) e Zé Raimundo Fontes (PT) vão disputar o cargo mais alto do executivo conquistense no segundo turno. Com pouco mais de 935 das urnas apuradas, o petista obteve mais 47% dos votos válidos, enquanto o mdebista alcançou … Leia Mais






Bolsonaro insulta jornalista com insinuação sexual; entidades reagem


O presidente Jair Bolsonaro durante entrevista no Palácio do Alvorada Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro insultou nesta terça-feira a repórter Patrícia Campos Mello, do jornal “Folha de S. Paulo”, com uma insinuação sexual sobre o seu trabalho. Bolsonaro fez referência ao depoimento à CPI das Fake News de Hans River do Nascimento, ex-funcionário de uma empresa que fez disparos em massa pelo WhatsApp nas eleições de 2018. Hans River atacou Patrícia afirmando que a repórter “se insinuou” e queria “sair” com ele, o que foi desmentido pelo jornal com a publicação de troca de mensagens entre os dois.  A Associação Nacional de Jornais (ANJ) chamou de ‘lamentável’ as declarações do presidente e o jornal ‘Folha de S. Paulo’  afirmou que sua atitude agride todo o jornalismo profissional.

— “Olha a jornalista da Folha de São Paulo. Tem mais um vídeo dela aí. Eu não vou falar aqui que tem senhora aqui do lado, ela falando: “Eu sou a tatatata do PT”. Está certo? E o depoimento do River, foi no final de 2018 para o Ministério Público, ele diz do assédio da jornalista em cima dele, ela queria um furo, ela queria dar um furo a qualquer preço contra mim — disse Bolsonaro, rindo, diante de uma claque, no Palácio da Alvorada, antes de uma cerimônia de hasteamento de bandeira.”

O histórico de mensagens divulgado pela “Folha” mostra que, ao contrário do que disse na CPMI, foi Hans River quem tentou desviar o foco do diálogo. Ele a convidou para assistir a um show, mas Patricia não respondeu ao convite.

*O Globo


Eleições 2020: Lula é convidado para participar da campanha eleitoral em Vitória da Conquista


O deputado federal Waldenor Alves Pereira Filho (PT-BA) convidou pessoalmente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da SIlva para participar da campanha eleitora do Partido dos Trabalhadores em Vitória da Conquista nestas Eleições 2020. Ele aproveitou a oportunidade da reunião desta terça-feira (18) em Brasília, para planejamento de ações das Bancadas do PT no Congresso Nacional, visando ao enfrentamento ao presidente da República Brasileira, Jair Messias Bolsonaro. Lula se mostrou entusiasmado com o convite pra retornar a Vitória da Conquista, segundo Waldenor . “Fiquei impressionado mesmo foi com a disposição dele para o enfrentamento ao governo fascista e destrutivo de Bolsonaro, que atenta contra os direitos dos cidadãos”, disse o deputado sobre o ex-presidente. A reunião dos deputados federais e senadores com Lula e o ex- candidato a presidente Fernando Haddad discutiu estratégias para três eixos principais: resistir contra a retirada de direitos, defesa da soberania nacional e pela afirmação da democracia.

*Blog do Anderson


Leonardo DiCaprio nega que tenha feito doação a ONG após acusação de Bolsonaro


Leonardo DiCaprio — Foto: Reuters

O ator americano Leonardo DiCaprio se manifestou neste sábado (30) após o presidente Jair Bolsonaro acusá-lo de colaborar com queimadas criminosas na Amazônia por meio de doações à WWF, organização não governamental (ONG) que atua na área ambiental.

Em nota, DiCaprio negou ter feito doações a ONGs citadas em investigações sobre incêndios florestais no Brasil.

“Embora mereçam apoio, nós não financiamos as organizações citadas”, afirmou. No comunicado, o ator disse ainda ter orgulho de grupos que protegem ecossistemas e elogiou o povo brasileiro, que “está trabalhando para salvar seu patrimônio natural e cultural”.

Leia, abaixo, a íntegra da nota de DiCaprio:

“Neste momento de crise para a Amazônia, apoio o povo do Brasil que trabalha para salvar seu patrimônio natural e cultural. Eles são um exemplo incrível, comovente e humilde do compromisso e paixão necessários para salvar o meio ambiente. O futuro desses ecossistemas insubstituíveis está em jogo e tenho orgulho de apoiar os grupos que os protegem. Embora dignas de apoio, não financiamos as organizações citadas. Continuo comprometido em apoiar as comunidades indígenas brasileiras, governos locais, cientistas, educadores e as pessoas que estão trabalhando incansavelmente para garantir a Amazônia para o futuro de todos os brasileiros”.

*G1

(mais…)