Piaçava vira lavoura comercial no Sul da Bahia

O Sul da Bahia é a região que mais produz piaçava no Brasil. A fibra encontrou por lá o ambiente favorável para o seu desenvolvimento natural. Mas agora existe também a lavoura com perfil comercial. A Fazenda São Miguel, em Itacaré, se tornou uma referência no assunto. A domesticação da piaçava ali começou há quase … Leia Mais



Chuva arrasta carros, destrói casas atingindo mais 3 mil pessoas; prefeito de Condeúba decreta Situação de Emergência

Localizado a 150 quilômetros de Vitória da Conquista, o Município de Condeúba foi devastado pelas chuvas que caem desde a semana passada. O temporal atingiu diretamente 3.100 moradores da Zona Rural que tiveram suas casas invadidas pela enxurrada gigante em decorrência do rompimento de três barragens.  Imagens exclusivas que O Blog teve acesso mostram o … Leia Mais


Chuvas e ventos fortes já causaram 29 mortes na Itália


As tempestades que atingem diversas regiões da Itália há mais de uma semana já causaram 29 mortes e danos em várias cidades do país nos últimos dias, conforme informou hoje (04/11) o primeiro-ministro, Giuseppe Conte.

“O vento e as fortes chuvas causaram vítimas e severos danos. O balanço já era trágico nos dias anteriores: 17 mortos, famílias evacuadas e territórios inteiros destruídos. As chuvas das últimas horas, especialmente na Sicília, aumentaram este balanço trágico: 12 novas mortes e um desaparecido”, escreveu Conte em seu perfil do Facebook.

O primeiro-ministro da Itália visitou neste domingo a Sicília, onde, na última madrugada, como consequência das tempestades, morreram 12 pessoas, entre elas três menores em Palermo e Agrigento. As autoridades italianas ainda buscam outro desaparecido na região.

Estado de emergência

Conte anunciou que convocará uma reunião de ministros na próxima semana para decretar o estado de emergência nas regiões mais afetadas, após a qual “o governo alocará os primeiros recursos e adotará as intervenções necessárias”. (mais…)


Petrobras desenvolve tecnologia para desintegrar garrafas PET


Pesquisadores da Petrobras estão desenvolvendo um processo para acelerar a degradação do polímero que compõe as garrafas PET em até sete dias. A tecnologia do Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes) utiliza enzimas que possibilitam recuperar os componentes das garrafas, sob pressão e temperatura brandas.

Iniciados há quatro anos, os estudos obtidos já permitem “vislumbrar a viabilidade técnica de uma utilização desse processo em larga escala”.

Uma das maiores vilãs para o meio ambiente, principalmente para o ecossistema marinho, a produção mundial de garrafas PET é estimada em 50 milhões de toneladas por ano e o percentual de reciclagem é de 18%. (mais…)


Moradores do centro sul da Bahia relatam tremores de terra na região


Moradores de cidades da região do Vale do Jiquiriçá, no centro sul da Bahia, relataram em redes sociais e aplicativos de mensagens, na manhã deste sábado (27/10), a ocorrência de tremores de terra. De acordo com os relatos de populares, o último teria acontecido durante a madrugada, em Mutuípe. Os moradores contam que a terra tremeu por volta das 3h40 da madrugada.

Pessoas das cidades de Laje, Ubaíra, São Miguel das Matas e Santo Antônio de Jesus disseram que, além de sentirem esses tremores, eles escutaram estrondos. Os moradores disseram ainda que desde quarta-feira (24/10) sentem os abalos.

Moradora da cidade de Laje, Fabrícia Lima conta que dormia no momento do tremor. Ela acordou com o barulho alto e a vibração dentro de casa. “Eu estava dormindo, aí acordei com a casa vibrando forte. Um barulho alto, parecendo que um avião estava pousando no teto da minha casa. Aí o barulho foi aumentando cada vez mais, a casa vibrando. Peguei o celular para ver as horas e toda hora chegava mensagem, em alguns grupos, de pessoas de vários pontos da cidade, contando que os móveis saíram do lugar. Pessoas que moravam em pontos mais altos falaram que o tremor foi pior. Durou mais ou menos até às 4h. O barulho foi diminuindo até cessar”, relatou ela ao site.

O site tentou falar com o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que possui o sismógrafo mais próximo, mas não obteve contato. *G1