Resultado do Vestibular Uesb é divulgado

Após uma maratona de estudos e horas de provas para o Vestibular 2020, chega o momento de conferir a lista final com os nomes dos novos estudantes para os 47 cursos de graduação da Uesb. O resultado final do processo seletivo pode ser conferido aqui. A lista contempla tanto os aprovados para os cursos com início … Leia Mais


Inep anuncia cancelamento de uma questão do Enem

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou, nesta terça-feira (19), a anulação de uma questão da prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias do Enem 2019. O Inep identificou que a questão anulada fez parte do Caderno de Questões Braile e Ledor da edição do Enem de 2018. O chamado “caderno … Leia Mais


Desenvolvimento Científico e Tecnológico: Bolsonaro libera R$ 250 milhões para bolsas do CNPq

O presidente da República Brasileira Jair Messias Bolsonaro anunciou nessa segunda-feira  (4), em publicação em sua conta pessoal no Twitter, a liberação de recursos para garantir o pagamento, até o fim do ano, de 100% das bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). “Organização e enxugamento dos gastos gigantescos do passado para focar … Leia Mais


A seis dias do Enem, 1,2 milhão de inscritos não sabem local da prova

A menos de uma semana para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cerca de 1,2 milhão de participantes ainda não sabem onde farão a prova, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esses estudantes ainda não acessaram o Cartão de Confirmação da Inscrição, que está disponível na Página … Leia Mais


UEFS abre cotas para trans, travestis, ciganos e pessoas com deficiência em 2020

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), localizada a 100 km de Salvador, vai abrir um sistema com novas cotas destinadas a transexuais, travestis, transgêneros, ciganos, quilombolas e portadores de deficiência. As cotas vão estar disponíveis a partir do segundo semestre de 2020, segundo informação foi divulgada pela instituição, na noite da última quarta-feira … Leia Mais


Projeto sobre Inclusão de Libras no currículo escolar é aprovado na Câmara Municipal de Barra do Choça


Foi aprovado em primeira votação nesta terça-feira (24), no Plenário Fidélis Pereira, na Câmara Municipal de Barra do Choça, o Projeto de Lei nº 07, de 14 de agosto de 2019, que Institui a obrigatoriedade da Inclusão das Línguas Brasileiras de Sinais – LIBRAS, no currículo escolar no âmbito escolar do Município de Barra do Choça. 

A matéria foi apreciada pelas comissões, e nesta terça-feira (24), o presidente Manoel Nascimento colocou para discussão e votação. De autoria do vereador Ronaldo Lima (PDT)

O autor do Projeto, vereador Ronaldo Lima, informou que o Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, é a segunda língua oficial brasileira. Segundo ele, diante da necessidade vivenciada por esta Casa no início deste ano, quando percebeu a dificuldade de comunicar com os surdos (deficientes auditivos), e diante de outras situações que ocorrem nos órgãos públicos do município, decidiu apresentar o referido projeto.

“Graças a Deus e aos colegas, demos o primeiro passo. Agora é aguardar a segunda votação e posteriormente, encaminhar ao Poder Executivo avaliar a viabilidade de execução,” agradeceu.

De acordo o Art.1º – A partir do ano 2010, O Sistema Municipal de Educação de Barra do Choça deverá adotar as medidas necessárias para a efetiva implantação da obrigatoriedade da Inclusão da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS – no currpiculo escolar das Instituições de Ensino que o compõem.

Após discussão, o vereadores aprovaram por unanimidade. O projeto será submetido a segunda votação na próxima terça-feira (01/10). Em caso de aprovação, seguirá ao Executivo Municipal para sancionar ou não. (mais…)


Estado libera 300 mil de investimento em horta escolar para estimular alimentação saudável e consumo consciente


A preocupação com o meio ambiente passa pelo cuidado com a alimentação e o consumo consciente. Nesta perspectiva, o Governo do Estado liberou cerca de 300 mil reais de fomenta ao projeto “Hortas escolares –  plantar, cuidar e cuidar-se’, desenvolvido no âmbito das ações da Educação Ambiental e Saúde, da Secretaria da Educação do Estado. A iniciativa, que contempla 244 unidades escolares da rede estadual, também faz parte do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional desenvolvido por várias secretarias estaduais, sob a coordenação da Casa Civil.

O projeto alcança mais de 150 mil estudantes. O recurso já foi depositado nas contas das escolas. Atualmente, 476 unidades escolares da rede estadual já possuem hortas implantadas, enriquecendo o aprendizado e o cardápio da merenda de mais de 320 mil estudantes.  As 244 unidades escolares contempladas, em 2019, manifestaram interesse por meio de um mapeamento realizado pela SEC, em 2018, além do plano de ação elaborado pelas mesmas no projeto “Juventude em Ação”.

O coordenador de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria, Fábio Barbosa, falou da importância desse recurso. “Com a disponibilização do recurso financeiro, as unidades escolares poderão desenvolver suas hortas e utilizá-las com instrumento didático e pedagógico, envolvendo várias áreas do conhecimento. As atividades pedagógicas realizadas auxiliam na conscientização dos estudantes sobre a temática socioambiental que, através da experiência com a horta, compreendem a necessidade da conservação dos ecossistemas, do reaproveitamento de resíduos sólidos, das implicações de uso dos agrotóxicos e da importância de bons hábitos alimentares e nutricionais. Tudo isso por meio de um trabalho dinâmico, participativo, prazeroso, inter e transdisciplinar, promovendo descobertas e múltiplas aprendizagens, destaca Barbosa.

(mais…)


Justiça Federal da Bahia manda MEC suspender bloqueio nas universidades.


A Justiça Federal da Bahia determinou, na noite desta sexta-feira (7), que o Ministério da Educação suspenda o bloqueio de verbas nas universidades federais. O governo pode recorrer.

A decisão foi tomada pela juíza Renata Almeida de Moura, da 7ª Vara Federal, em Salvador, em resposta a uma ação apresentada pelo Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Brasília (UnB).

O bloqueio de 30% nos gastos não obrigatórios (chamados discricionários) foi anunciado em abril pelo Ministério da Educação. Desde então, ações têm sido apresentadas à Justiça contra a medida. Além disso, no mês passado, houve manifestações em todo o paíscontra o bloqueio. O contingenciamento representa, segundo o governo, 3,4% do orçamento total das universidades.

*Blog do Léo Santos

(mais…)