BRASIL: Orçamento prevê salário mínimo de R$ 674,96 para 2013

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) entregou nesta segunda-feira (17) a versão final do relatório do Orçamento de 2013, com salário mínimo de R$ 674,96 para o ano que vem. A proposta original do governo era de aumento do mínimo de R$ 622 para R$ 670,95. De acordo com Jucá, cálculo da inflação em 2012 foi … Leia Mais


BRASIL: Dilma e Lula lideram intenções de votos para a Presidência

Uma pesquisa Datafolha divulgada neste fim de semana indica que, se a eleição presidencial fosse hoje, os petistas Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva teriam chances de vencer no primeiro turno. O levantamento, publicado pelo jornal Folha de S. Paulo, mostra que as intenções de votos nos dois nomes são superiores às de … Leia Mais



BRASIL: DEZEMBRO – CINCO SÁBADOS, CINCO DOMINGOS E CINCO SEGUNDAS-FEIRAS

Dezembro 2012 Este mês de dezembro de 2012, contém cinco sábados, cinco domingos e cinco segundas- feiras.  Os Chineses chamam a este acontecimento “o saco do dinheiro”.  Se enviares esta informação ao teus amigos, segundo a lenda, receberás dinheiro dentro de 4 dias. Se não a compartires com os teus amigos, segundo os chineses do Feng Shui… … Leia Mais


BRASIL: Justiça mantém a frase “Deus seja louvado” nas cédulas de real


DEUS SEJA LOUVADO!

A 7ª Vara da Justiça negou o pedido, feito pelo Ministério Público de São Paulo, de retirar a frase “Deus seja louvado” do papel-moeda nacional. A decisão levou em consideração a alegação do Banco Central de que a retirada da expressão iria custar R$ 12 milhões aos cofres públicos e gerar intranquilidade na sociedade.

Na decisão, o Juiz entendeu que “não se aferiu a existência de oposição aos dizeres inscritos nas cédulas no âmbito do seio social, […] a alegação de afronta à liberdade religiosa não veio acompanhada de dados concretos, colhidos junto à sociedade, que denotassem um incômodo com a expressão “Deus” no papel-moeda.” Fonte: UOL


BRASIL: Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher foi celebrado neste domingo


Deputada Graça Pimenta apoia iniciativa em prol do público feminino. (Foto: Carlos Augusto – Jornal Grande Bahia)

O mundo comemorou neste domingo dia 25 de novembro, o Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher. A data comemorativa foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1999. Preocupada com os dados referentes ao assunto, a deputada estadual Graça Pimenta (PR) busca chamar a atenção da sociedade sobre os números de violência contra o público feminino.

“A situação das mulheres na sociedade, principalmente por conta dos índices de violência registrados ao longo dos anos, tem me preocupado bastante. Tanto que me pronunciei na tribuna da Assembleia Legislativa esta semana sobre o assunto e citei a data comemorativa em questão. É lamentável vermos a realidade a qual as mulheres estão expostas. É necessário fazer o assunto estar sempre em pauta para que possamos discuti-lo com mais profundidade. Dessa forma, poderemos enxergar no futuro uma sociedade mais justa para as mulheres e todos os cidadãos. Lembrando que desde 2006 elas dispõem de um mecanismo de defesa para denunciar a violência no ambiente doméstico”, declara a parlamentar. (mais…)


BRASIL: Fluminense Campeão Brasileiro 2012


O Fluminense é o campeão brasileiro de 2012. Nem na comemoração, o campeão brasileiro teve sossego. O avião que levava os jogadores de volta ao Rio de Janeiro precisou fazer um pouso de emergência. Mas deu tudo certo: o Fluminense venceu o Palmeiras, em um jogo emocionante, e foi beneficiado pelo empate do Atlético-MG com o Vasco.

Campeões e nem sabiam. Fim do jogo, e Fred perguntou para os repórteres: “Como está o jogo lá?” Quando descobriu que Vasco e Atlético haviam empatado, começou a festa.

Mas até chegar à comemoração foram 90 minutos de tensão. O Fluminense tentava fazer a parte dele, mas o primeiro gol da tarde saiu em São Januário: pênalti polêmico de Douglas em Escudero. Ronaldinho bateu e fez Atlético Mineiro 1 a 0 o no Vasco.

Em Presidente Prudente, o Fluminense mostrou quem faz a diferença no campeonato: Fred. Acertou a trave, e, no fim do primeiro tempo, acertou o pé, aproveitando o rebote do goleiro Bruno. www.g1.com.br

Repórter: Quer saber quanto está o jogo do Atlético?
Fred: Pode falar.
Repórter: Está 1 a 0, gol do Ronaldinho.
Fred: O importante é focar no nosso trabalho.

No início do segundo tempo, Fred fez outro, ou quase. Saiu dos pés dele, mas a bola desviou em Mauricio Ramos. O árbitro deu gol contra.

Cinco minutos depois, a boa notícia para os tricolores veio de um rival. Alecssandro fazia o gol de empate do Vasco. E o Fluminense dizia: “Obrigado”. Era tetra naquele momento.

Só não contava com a reação do Palmeiras. Primeiro, Barcos. Depois, Patrick Vieira. Tudo em quatro minutos. Com o empate em 2 a 2, o título antecipado escorria pelas mãos do Fluminense.

Mas aos 43 minutos, o cara do Fluminense, o cara do Brasileiro, resolveu terminar com o campeonato: Fred fez o terceiro do tricolor. A essa altura, já havia acabado o jogo em São Januário.

Em 1970, 1984, 2010 e 2012. “É tetra. É tetra. É tetra. É tetracampeão brasileiro”, gritou Galvão Bueno.

O artilheiro, com 19 gols, foi carregado pelos companheiros. O técnico Abel também. E o goleiro Diego Cavalieri.

Depois, era hora de voltar para casa. Era apenas 1h30 de viagem, mas se fosse um voo longo, com mais de 10 horas, não faria diferença. A animação parecia sem fim. Até que um pouso de emergência deu um susto nos jogadores. O painel indicava que o trem de pouso não estava funcionando. Mas tudo acabou bem.

Voo tenso, jogo tenso. Mas com esse time do Fluminense tudo acaba bem. Sempre.