79ª CIPM prende um homem por crime ambiental na cidade de Barra do Choça


79ª CIPM prende um homem por crime ambiental na cidade de Barra do Choça

Na manhã desde domingo (30), policiais militares da 79ª CIPM prenderem um homem por crime de maus tratos aos animais na cidade de Barra do Choça.

Após receber uma denúncia de crime de maus tratos aos animais, que estaria acontecendo no bairro Ouro Verde, os militares empreenderam diligências para identificar o autor. Com base nas informações, a guarnição logrou êxito em localizá-lo. Em posse do autor foram encontrados:

◼ 41 (quarenta e um) passeriformes;
◼ diversas gaiolas e armadilhas.

·

Ao saber seria conduzido, o autor empreendeu fuga, porém foi alcançado e algemado pelos policiais. Em seguida, foi conduzido ao DISEP, em Vitória da Conquista, para que as medidas judiciais fossem aplicadas. Os animais foram deixados aos cuidados do CETAS (Centro de Triagem de Animais Silvestres). ASCOM/79ª CIPM

 

Deputado Eduardo Salles visita Barra do Choça e declara apoio a pré-candidatura de Oberdan Rocha


O deputado estadual Eduardo Salles (PP) esteve neste sábado (29), em Barra do Choça participando de um evento político em apoio à pré-candidatura de Oberdam Rocha (PP).

Salles é o deputado mais bem votado da história de Barra do Choça, com quase 7 mil votos no último pleito. Como costuma dizer, foi na Terra do Café que deu os primeiros passos em sua carreira política, onde possui uma grande quantidade de amigos, em especial o ex-prefeito Oberdam.

Moradora relata tremor de terra em Barra do Choça


Uma moradora do centro de Barra do Choça, disse ter sentido um tremor na casa onde reside, na manhã deste domingo (30). A informação foi compartilhada em um grupo de whatApp “Gente estou impressionada. Hoje eu senti minha cama tremendo, justamente na hora que o box também tremeu. Era mais ou menos 7:45h.”

Ela conversou com a direção do Blog do Jorge Amorim e relatou como tudo aconteceu. Segundo ela, estava no quarto quando as coisas (plantas e outros objetos)começaram a mexer, os tremores foram notados também pelo seu filho de 10 anos, que assistia televisão.

Os tremores de terra deste domingo, foram destaques em diversos veículos de comunicação do País.  As cidades de São Miguel das Matas, Elísio Medrado e Amargosa também sentiram o forte tremor.

Barrachocense em Amargosa relata tremor de terra


“Acordei com a terra tremendo aqui em Amargosa, sacudiu a casa toda”, relatou Jay Fernandes.

O ex-vereador e atual secretário de assistência social de Amargosa, Jailton Fernandes, relatou ao Blog do Jorge Amorim, na manhã deste domingo (30), o susto em que a população daquele município e de outros circunvizinhos passaram em decorrência dos tremores de terra.

Ele conta que foram três os tremores, mas graças a Deus tudo está bem. Até o momento não houve registros de grandes transtornos para a população, disse.

Segundo informações, o tremor sentido em Amargosa foi o mais forte do estado. Cidades próximas, como São Miguel das Matas e Elísio Medrado também sentiram o forte tremor.

Em áudio, o prefeito Júlio Pinheiro informou que, devido aos tremores de terra ocasionados nesta manhã (30), está realizando um monitoramento de toda situação. Até o momento não há registro de feridos e nem de danos em nenhuma estrutura pública ou particular no município.

 

Terremoto de 4,6 de magnitude é registrado na Bahia


Cidade de Castro Alves, na Bahia, vazia após tremor de terra na manhã deste domingo (30) — Foto: Leandro Alves/Blog Bahia10

Cidade de Castro Alves, na Bahia, vazia após tremor de terra na manhã deste domingo (30) — Foto: Leandro Alves

Um terremoto de magnitude 4,6 na escala Richter foi registrado na Bahia, na região da cidade de Mutuípe, que fica no Vale do Jiquiriçá, na manhã deste domingo, segundo cálculos do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Moradores de várias cidades do estado, como Amargosa, Castro Alves e Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano, relataram o impacto do terremoto. Em Salvador, os tremores também foram sentidos. Não há registro de feridos.

O G1 entrou em contato com Aderson Nascimento, coordenador do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que faz o monitoramento dos fenômenos. Ele explicou que esse terremoto teve alta magnitude e também pôde ser sentido em Salvador.

“A gente fez uma análise preliminar e esse evento maior foi registrado pela rede mundial, foi de magnitude 4,6, a 6 km a sul para sudoeste de Mutuípe. Salvador fica a pouco menos de 100 km de Mutuípe e, com essa magnitude, ele certamente foi sentido em Salvador. Ele foi registrado em todas as estações da rede sismográfica brasileira, que a gente tem financiada pelo Serviço Geológico Brasileiro”, detalhou Aderson.

Ainda não há detalhes do que causou os tremores. No site do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo, constam dois registros de terremotos nas regiões de Amargosa e São Miguel das Matas, com magnitudes de 4,2 e 3,7 na escala Richter, respectivamente.

Os relatos dos moradores indicam que o primeiro tremor, o mais forte, começou pouco antes das 8h e durou cerca de 20 segundos. Depois, uma nova trepidação, desta vez mais branda, por volta das 8h20. Veja depoimentos abaixo:

Amargosa – Daniele Andrade

“Eu estava dormindo e de repente eu comecei a sentir o tremor. Eu acordei assustada e imediatamente peguei minha filha e fiquei embaixo da mesa. Durou uns 14 a 20 segundos, foi curto mais parecia uma eternidade. Eu nunca tinha passado por isso. Já ouvi relatos de tremores de terra aqui em Amargosa, mas é a primeira vez que eu sinto. Agora a gente está em alerta”. G1