Recomendações primordiais para o momento de adquirir seu veículo em Salvador


Com a situação financeira menos favorável em momentos de crise, é comum acabar aderindo a compra do veículo usado a um zero quilômetro.

 

Não tenha pressa na compra do veículo

Na hora de comprar um veículo,esteja atento a todas as opções, seja de carros novos, ou de carros usados em Salvador,independente da sua escolha, a última coisa que você demonstrar é a pressa. Pesquise com calma cada modelo e marca, não seja pressionado pelo vendedor e nem demonstre a sua necessidade de adquirir o veículo naquele exato momento. Sabendo disso, você terá mais chances de fazer um bom negócio sem se arrepender futuramente.

Confira o histórico do veículo

 Talvez, vender o veículo não será sua intenção a curto ou médio prazo, mas você precisa observar as condições em que o veículo que você tanto deseja é difícil para revenda. Pesquise sobre a marca e modelo que têm interesse, veja se ele está na lista dos carros menos vendidos. Carros que saíram de linha possuem grandes chances de depreciação porque causa da manutenção e da substituição de peças se tornam cada vez mais difíceis. Cores chamativas são utilizadas pelas montadoras para lançar os carros novos, mas eles costumam permanecer nas lojas de usados, pois veículos de cores neutras são os preferidos dos consumidores e são os mais vendidos. Atente-se com as condições e com as cores disponíveis, assim saberá o motivo pelo qual um veículo é mais barato do que os demais e se vale a pena adquiri-lo.

Opte por veículos mais procurados

 O primeiro ano de um veículo é o que mais sofre depreciação. Isto é algo inevitável, procure optar  por modelos com menos desvalorização, pois será uma grande vantagem ao fechar negócio. Tudo indica que o veículo é procurado para compra e possui uma boa valorização de revenda sempre a médio e longo prazo.

Faça um test-drive antes de adquirir o veículo

 Caso adquira um veículo 0k o test-drive é um fator importante, no caso de veículos usado é mais que recomendável. Apesar de você dirigi-lo por um curto espaço, o test-drive pode te dar uma impressão geral do que o carro possui, como: o conforto, a dirigibilidade e as características de série. Como o vendedor vai descrever somente as vantagens do veículo que ele quer que você compre, a dica é alugar um veículo do mesmo modelo e fazer um teste por mais tempo. Opte pelo modelo mais antigo disponível e você perceberá as mudanças que o tempo faz a este modelo. Algumas concessionárias oferecem um test-drive com o veículo do interessado por um tempo mais prolongado. Se informe sobre a possibilidade.

 Observe a quilometragem

 Um fator bastante importante na compra do veículo usado é a quilometragem que ele possui. Carros com pouca rodagem são mais valorizados, pois além de ter sido bastante usado, possui maior conservação e menor chance de manutenção. Atente-se aos modelos com alta quilometragem, e efetue uma vistoria muito mais detalhada. Por exemplo. se o modelo que você deseja é um HB20, verifique o estado em que se encontra os pneus, estepe, bateria e o motor. Fonte: Pixabay

Faça uma revisão no veículo

Mesmo que você disponha de conhecimentos sobre o setor automotivo, é recomendável  levar a um mecânico de confiança na hora de avaliar e vistoriar um carro usado. Ele terá a visão imparcial, conseguindo observar detalhes que você jamais veria. Depois de toda vistoria feita, peça a opinião do profissional sobre as condições da lataria e parte interna, e sobre ruídos no motor e freio, suspensão e amortecedores, alinhamento e balanceamento, pois ele é capaz de te explicar toda essa parte e se isso é comum naquele determinado modelo.

Verifique o estado de conservação

 Ainda que não tenha avarias, o carro pode não estar em ótimo estado. Basta um dono negligente e desleixado que essas características ficam mais aparentes. Partes externa e inferiores enferrujadas ou problemas internos indicam problemas sérios, para que você repense em adquirir aquele veículo. Verifique sempre se o carro possui extintor para uso, macaco, triângulo, chave de rodas e estepe em condições de uso para momentos necessários. Observe se há vazamento de óleo na parte inferior do carro, se há queima excessiva de óleo no motor ou se há manchas escuras no escapamento. Para testar a suspensão, manobre o carro em terrenos de terra ou  irregulares, pois ruídos e estalos vão manifestar eventuais problemas. Outra forma de verificar o estado em que a suspensão se encontra é balançar o veículo para baixo segurando-o pelo parachoque. Se, ao largá-lo, o veículo balançar mais de duas vezes, o amortecedor está em péssimas condições. Confira também  o estado dos pneus, pois desgastes irregulares podem indicar problemas com a suspensão ou falta de alinhamento. Em relação a pneus carecas precisarão ser trocados porque trazem risco à sua segurança e a dos que lhe acompanham. Para verificar o estado dos freios, perceba se há ruídos metálicos no momento de uso.

Confira as garantias dadas

 Quando se adquire um veículo seminovo, normalmente possuem algumas garantias e revisões de fábrica no período restante. Confira sempre se estas revisões estão em dias e cobre isso. No caso dos veículos que não tem mais esse benefício, negocie com o vendedor uma garantia  maior que 90 dias para as principais peças do seu carro, como: motor, bateria, pneus, amortecedores e freios. Não tenha hesite em cobrar, pois além de adquirir o automóvel, você pode voltar a precisar deste vendedor futuramente. Então dialogue e proponha a ele uma garantia.

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam quais as recomendações ao adquirir um imóvel.