Jovem cadeirante de Barra do Choça comemora ‘vitória’ após se curar de coronavírus


As dores, o cansaço e as marcas da covid-19 ainda estão pelo corpo do cadeirante, Mailon Sousa Costa, de 26 anos. O jovem, filho da assistente social Célia Sousa e do vereador Manoel Nascimento, é portador de necessidades especiais (Paralisia Cerebral). 

De acordo com a sua mãe Célia, Mailon começou com sinais do corona vírus no dia 26 de junho, após seu pai apresentar sintomas da doença. O que se estendeu aos outros membros da família, a mãe e irmã.

Célia conta que os sintomas da doença foram moderados. No entanto, houve momentos de febre alta, fraqueza, tosse, dor de cabeça e muita dores pelo corpo.  Em uma noite, o jovem precisou de atendimento médico e foi levado às pressas ao hospital, pois sentia muitas dores. Além disso, a saturação dele estava um pouco abaixo do nível normal Preocupado, o médico sugeriu que fosse encaminhado à Vitória da Conquista, “foi um sufoco”, conta. “Após um período em observação, o médico resolveu liberar o Mailon, e o trouxemos para casa”, agradeceu.

“…Depois da medicação ele só foi melhorando, mas sempre tinha um sintoma ou outro. Ele (Mailon) sofreu muito, todos nós. Imagine aí, a família inteira doente. Pensei, que situação difícil?, não foi fácil, foi o pior momento de nossas vidas, um misto de suspense e terror. Mas Deus nos levantou, e nos deu a vitória, em nome de Jesus”, relatou

A grande preocupação da família era que a doença chegasse em casa, devido ao jovem ser portador de necessidade especial e vulnerável à doença.A gente tinha muito medo por ele ter necessidades especiais, né? O pulmão dele não é tão forte quanto das outras pessoas, que andam, que faz várias atividades, mas graças a Deus, ele vinha praticando atividades físicas (Pilates e hidroterapia), com certeza estas atividade ajudaram bastante, né?. 

“Deus é tão maravilhoso que ele resistiu e se fortaleceu após lutar bravamente contra o coronavírus. Tivemos momentos difíceis, mas graças a Deus, vencemos! E hoje a gente só tem mesmo que agradecer a Deus por tudo. Pela vitória que Deus deu para nossa família. Não temos nem palavras para decifrar a nssa gratidão. Tudo o que disser em agradecimento a Deus ,ainda é pouco”.

“Foi como viver um filme de terror e suspense. Era o terror da dor de ver seu filho e esposo doentes, sofrendo as dores e os sintomas, e o suspense de  de não saber o que viria mais tarde ou no outro dia. Mas havia um consolo, a certeza de que Deus estava sempre conosco. Não nos abandonou, só temos que agradecê-lo.”

Mailon recebeu alta nesta sexta-feira (17). A ideia de fazer uma publicação no Blog do Jorge Amorim com a sua LUTA e VITÓRIA contra a covid-19, partiu dele, e o blog como sempre, valorizando as boas notícias atendeu!

Ao final, o pai, Manoel Nascimento, deixou um mensagem: “Graças a Deus não houve nada pior, e é por isso que deixo um alerta para as pessoas que ainda levam esta doença na brincadeira. O coronavírus é real, não escolhe pessoas, ricas ou pobres, brancas ou negras. Só quem passa sabe como é, foram os piores dias de minha vida. Cheguei bem perto da morte. Quem puder, fique em casa”, disse.

Barra do Choça é contemplada com dois respiradores do Governo Federal


A Prefeitura Municipal de Barra do Choça acaba de conseguir do Ministério da Saúde, dois respiradores para o Hospital Municipal Dr. José Maria de Magalhães Netto, que serão utilizados para auxiliar na recuperação de infectados pelo novo coronavírus, caso venham a enfrentar a forma mais grave da doença.

Dessa forma, a administração municipal celebra esta conquista, por mais que se trata de um momento difícil e que esses equipamentos venham somar no enfrentamento da maior crise da saúde mundial do séc XXI.

Agora são  três equipamentos disponíveis para os leitos que estão reservados para os internamentos por Covid-19. Além dos aparelhos, o deputado Paulo Azi também disponibilizou uma emenda de R$500 mil que será utilizada exclusivamente para ações no combate à pandemia. ASCOM/PMBC

Insatisfeitos, comerciantes de Barra Nova querem participação em discussão que define fechamento de comércio


Uma comissão de comerciantes do Distrito de Barra Nova está insatisfeito com as últimas medidas adotadas pela administração de Barra do Choça no que se refere ao fechamento do comércio.

Eles procuram a direção do Blog do Jorge Amorim para lamentar o descaso da gestão para com aqueles comerciantes. Eles alegam que em nenhum momento os moradores do Distrito de Barra Nova foram lembrados. 

“Soubemos que houve uma reunião para discutir o fechamento do comércio pela imprensa, e nós como ficamos? Isto é um desrespeito”, lamentou um dos membros sem querer se identificar.

O outro, enalteceu o comércio de Barra Nova. Disse que estão cooperando com as medidas do prefeito, porém não estão tendo a contrapartida, o respeito. Eles queixam que gostariam de participar das reuniões e poder dar suas opiniões, afinal de contas, são contribuintes que pagam impostos e geram empregos, finalizou.

Quanto ao abaixo-assinado será entregue aos vereadores para que intermedeiem junto ao prefeito, uma solução.

 

Alckmin é indiciado por suspeita de lavagem de dinheiro, caixa 2 e corrupção


Geraldo Alckmin é indiciado pela PF

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) foi indiciado pela operação Lava Jato da Polícia Federal, nesta quinta-feira (16), pela suspeita de três crimes: lavagem de dinheiro, caixa dois eleitoral e corrupção passiva.

O indiciamento aconteceu no inquérito da Lava Jato que investigava, no âmbito eleitoral, as doações da empreiteira Odebrecht. Diretores da empresa disseram ter repassado mais de R$ 10 milhões, via caixa 2, às campanhas de Alckmin em 2010 e 2014.

O ex-tesoureiro do PSDB Marcos Monteiro e o advogado Sebastião Eduardo Alves de Castro também foram indiciados. Alckmin foi governador do estado de São Paulo entre 2001 e 2006 e de 2011 a 2018.

PF indicia Alckmin por corrupção passiva, caixa dois e lavagem de dinheiro
PF indicia Alckmin por corrupção passiva, caixa dois e lavagem de dinheiro 

G1 procurou contato com a defesa dos três indiciados. Em nota, a defesa de Alckmin disse que o indiciamento do ex-governador “foi injustificável e precipitado” e “feriu o direito da ampla defesa”. A defesa de Marcos Monteiro informou “que já se colocou à disposição das autoridades para esclarecimentos.” (Leia mais abaixo)

O Inquérito já está no Ministério Público de São Paulo, que tem três opções: decidir pelo arquivamento; oferecer a denúncia contra o ex-governador e o ex-tesoureiro à Justiça; ou pedir novas diligências para que a polícia aprofunde algum ponto da investigação.

O candidato à presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, participa da abertura da 14ª Expo Cristã — Foto: André Lucas/Estadão Conteúdo

Alckmin começou a ser investigado em 2017 depois da colaboração premiada de executivos da Odebrecht. A empreiteira nunca apareceu como doadora das campanhas de Alckmin.

No início deste mês, a força-tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo também denunciou o senador e ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) e a filha dele, Verônica Allende Serra, por lavagem de dinheiro. Em nota à imprensa, Serra criticou a operação afirmando que a busca e apreensão realizada em sua residência foram “medidas invasivas e agressivas”. G1

PRECATÓRIOS DO FUNDEF: Subvinculação dos 60% do Magistéio é aprovada na Câmara


Após uma luta árdua, com inúmeras articulações no Congresso Nacional, foi aprovada na última quarta-feira (15), na Câmara dos Deputados, a Proposta de Emenda ao PL N° 1.581, apresentada pelo deputado federal JHC, do PSB de Alagoas, a qual incorpora a tese defendida pelo Sindicato APEOC.

A emenda, aprovada no Projeto de Lei que trata dos acordos de precatórios da União, obriga os gestores estaduais e municipais, a subvincularem os recursos dos Precatórios do FUNDEF, destinando, em forma de abono, no mínimo 60% para os professores e 40% para Manutenção e Desenvolvimento da Educação e pagamento de seus profissionais.

Se aprovada no Senado e sancionada, será a primeira vez que a subvinculação dos precatórios para os professores estará especificada em lei. Uma conquista com a marca registrada do Sindicato APEOC, pois contribuímos diretamente com a construção da tese contida na emenda.

Em diversos momentos, o presidente da APEOC à epoca, Anizio Melo, o atual presidente em exercício, Reginaldo Pinheiro, e o nosso diretor da CNTE, Alessandro Carvalho, foram à Brasília fazer articulações com vários deputados e senadores para aprovação da subvinculação dos precatórios e Novo FUNDEB.

Agora o projeto segue para o Senado, onde faremos articulações com a bancada cearense e demais parlamentares, para que passe com louvor pela Casa e possamos garantir em lei a subvinculação dos 60% para os professores e os 40% para a Educação e seus profissionais.

VEJA AQUI o SUBSTUTIVO ao PL