Para conter elevação do número de casos da covid-19; prefeitura lança decreto com medidas mais restritivas


Após ver salto nos números de casos confirmados da covid-19, no município de Barra do Choça, a Prefeitura Municipal publicou nesta sexta-feira (10), o decreto nº 079, de 10 de julho de 2020, que estabelece limites à locomoção de pessoas, em razão da epidemia da covid-19.

Com a medida, a prefeitura estabelece o Toque de Recolher, o fechamento de estabelecimentos comerciais não essenciais do município, proíbe a circulação total de transporte coletivo para as áreas rurais do município, a abertura de bares e Igrejas.

Ainda segundo o decreto,  poderão funcionar com atendimento ao público apenas serviços essenciais como assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares; óticas; farmácias e drogarias; supermercados e padarias; petshops; postos de gasolina; feiras (apenas para hortifrutigranjeiros); lojas de material para construção; bancos e transportadoras.

Aqueles que permanecerem em funcionamento, deverão cumprir rigorosamente todas as regras de higiene e proteção para prevenção da disseminação da Covid-19.

O objetivo da ação é tentar estacionar o número de casos da doença no município que não para de crescer. Aguarde detalhamento deste DECRETO.

 

O link para acesso é: doem.org.br/ba/barradochoca 

  Rui alerta para crescimento de casos de Covid-19 no interior e fala em colapso do sistema de saúde


 Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, na manhã desta sexta-feira (10), o governador Rui Costa falou sobre o combate à pandemia de Covid-19 na Bahia e fez um alerta para a população de que o desrespeito às medidas de distanciamento social está dificultando e atrasando a superação dos efeitos da pandemia no estado. “Nós estamos fazendo um investimento grande em todas as regiões com a implantação de novos leitos e de unidades de retaguarda, mas isso não será suficiente se cada um não fizer sua parte. Desde o período das festas juninas, temos registrado um crescimento alarmante no número de casos no interior. Se as taxas de contágio continuarem crescendo, chegará um momento que, independente do investimento que façamos na criação de novos leitos de UTI, o nosso sistema de saúde pode entrar em colapso”.  
O governador afirmou que medidas mais rígidas devem ser tomadas nos municípios para conter o aumento no número de infectados. “Hoje temos cerca de 90 cidades com taxas muito altas e estamos muito preocupados. Nos últimos dois dias eu me reuni com 64 prefeitos e hoje irei conversar com mais 33 para identificar as razões e elaborar ações que barrem esse crescimento. Mas tudo passa, sem dúvida, pela importância das pessoas ficarem em casa a fim de evitar o contágio. Por isso nós precisamos de medidas drásticas para os próximos dias com o objetivo de impedir a formação de aglomerações”.
Rui também fez um apelo para os jovens. “Eu gostaria de mandar essa mensagem para nossos jovens, que hoje representam o grupo mais expressivo de contaminados na Bahia. Gostaria de pedir que pensem em seus pais, tios e avós, que já não têm a mesma saúde que vocês. Ao sair de casa, além de se colocarem em risco, também estão expondo eles ao vírus. Já aguentamos por tanto tempo e, se todos fizerem sua parte, em breve iremos superar e doença terrível.” ASCOM/GOV-BA

Barra do Choça atesta mais 07 (sete) casos para Coronavírus, Covid-19


A Prefeitura Municipal de Barra do Choça informa que o número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus no município subiu de 146 para 153 de acordo com Boletim Epidemiológico atualizado e divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.
A Secretaria de Saúde informou que 06 (seis) casos foram detectados por teste rápido realizado no município e 01 (um) caso por exame laboratorial junto ao LACEN.
Tratam-se de 04 mulheres com 30, 33, 39 e 62 anos, 02 homens com 26 e 57 anos e 01 criança de 10 anos.
Os pacientes encontram-se com sintomas leves em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução de contato e estão sob monitoramento da equipe de Vigilância Epidemiológica e continuarão acompanhados pela equipe de saúde da Barra do Choça.ASCOM/PMBC

CAATIBA: Após repercussão de maus tratos, agressor de animal é identificado


Foi apurado nesta delegacia o crime de natureza ambiental, referente aos maus tratos sofridos por um cavalo de propriedade de Adilson Rocha França.

O procedimento foi lavrado contra Aécio Souza da Silva, proprietário da chácara onde o animal foi localizado, ferido, vítima de instrumento perfuro cortante.

Não nos restou dúvidas da autoria do crime pois o genitor do investigado propôs ao proprietário do animal uma compensação financeira assim que tomou conhecimento da atrocidade feita pelo filho e da repercussão negativa, tanto no município quando na imprensa e redes sociais.

Juntados aos autos uma mídia com a gravação do animal ferido e um áudio via WhatsApp do próprio acusado propondo um acordo indenizatório.

Todas as medidas de polícia judiciária foram tomadas, cujo procedimento já foi remetido à justiça criminal, na comarca de Barra do Choça.

Fonte: Rosilene Moreira correia

Quem está soprando velinhas nesta sexta-feira (10) é o ex-vereador Leosvaldo Barbosa “Lió”


Quem está soprando velinhas nesta sexta-feira (10) é o ex-vereador Leosvaldo Barbosa “Lió”. Ele é uma simpatia em pessoa. Possui uma enorme facilidade de fazer amizades e está sempre de bem com a vida.

Foi vereador no mandato do então prefeito, José Amorim. Um dos responsáveis pela elaboração da lei orgânica do município. Homem forte e destemido, exerceu com maestria o seu mandato. Foi um dos primeiros motoristas de ambulância do município, em seguida exerceu o cargo de coordenador de transportes e estradas no Governo de Oberdan.

Lió dedica hoje a sua vida aos serviços voltados para a sua fé. Que Jesus continue sendo bênçãos na vida desse barrachocense, e que ele tenha os melhores motivos para comemorar a vida.

Ele comemorou ao lado da esposa e filhos, a passagem do seu 71º aniversário. Fica aqui Liosvaldo, a homenagem da sua família, amigos e do Blog do Jorge Amorim. Que esta data repita por muitos e muitos anos.

COMUNICADO: Devido ao crescente número de casos do novo coronavírus; SINSEB estará operando virtualmente por um período de 15 dias


Com o aumento rápido de casos de pessoas infectadas pelo Corona Vírus em Barra do Choça, informamos aos nossos filiados que o SINSEB estará operando virtualmente em seu atendimento através de WhatsApp e celular da Diretoria, por um período de 15 dias a partir do dia 13 de Julho de 2020 (segunda-feira), medida essa que evitará possíveis contaminações pelo fluxo de pessoas atendidas em nossa sede, por tanto, a sede estará fechada fisicamente do dia 13/07 à 27/07.
Caso não haja redução no número de pessoas infectadas comunitariamente pelo vírus, tomaremos outras medias para evitar possíveis contágios em nossas dependências.
Estaremos atendendo virtualmente (por telefone e WhatsApp) em horário comercial de segunda a sexta das 8:00 às 13:00, fora deste horário o atendimento será feito no dia útil seguinte.
Atendimento:
(77) 99869-4837 – Rogério; (77) 99999-7932 – Edneide; (77) 99955-4758 – Edilson e (77) 99908-3191 – Nilcrécio

SEM CONTROLE: Número de pessoas contaminadas pela covid-19 não para de crescer; já são 146 casos confirmados, 52 aguardando resultados e 03 óbitos


É preocupante a situação em que se encontra o município de Barra do Choça com relação à pandemia do novo corona vírus.

A cada dia que se passa aumenta o número de pessoas contaminadas pela Covid-19. No Boletim Epidemiológico lançado nesta quinta-feira (09), Barra do Choça chegou a quase 150 casos confirmados pela doença e 52 pessoas aguardando resultados.

Além destes elevados números, 153 pacientes estão sendo monitorados pela secretaria da saúde, e infelizmente, 03 idosas, morreram devido a doença.

Diante da gravidade do problema, há inúmeros questionamentos da eficácia das medidas adotadas pelo executivo Municipal. Além do mais, há muitas críticas quanto ao “monitoramento” das pessoas que tiveram de alguma forma contato com os pacientes da covid-19.

É urgente que a prefeitura apresente à população medidas que venham frear a elevação dos casos da doença no município, tornando-a mais segura. Chega do medo e da insegurança!