Governo da Bahia prorroga suspensão de aulas e eventos no estado até 2 de junho


Escola estadual Euricles de Matos, no Rio Vermelho, em Salvador — Foto: Andreia Silva/ TV Bahia

Escola estadual Euricles de Matos, no Rio Vermelho, em Salvador

 O governo da Bahia anunciou nesta segunda-feira (18) que prorrogou o decreto que suspende as aulas em instituições de ensino públicas e particulares da Bahia, além de impedir a realização de eventos com mais de 50 pessoas, por mais 15 dias. Com isso, as medida adotadas para reduzir a propagação do coronavírus no estado passam a ter validade até o dia 2 de junho.

A suspensão das aulas na Bahia teve início no dia 19 de março, com a promessa de compensação durante o período que estava programado para as férias letivas. Com o vencimento do prazo, o governo fez a primeira prorrogação, quando as atividades ficaram suspensas até o início deste mês.

Em seguida, houve uma nova prorrogação que valeu até esta segunda.

Estão suspensas as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como eventos desportivos, inclusive jogos de campeonatos de futebol, profissionais e amadores religiosos, shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, aulas em academias de dança e ginástica, além, da abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros, entre outras.

Esta medida é adotada nas cidades que não possuem mais de 14 dias sem novos casos do novo coronavírus, e inclui a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal coletivo, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

Veja mais notícias do estado no G1 Ba