Equipe de Barra do Choça está na Semifinal da V Copa Ouro de Futsal de Conquista


A equipe da Comercial Oliveira de Barra do Choça garantiu vaga para a semifinal da V Copa Ouro de Futsal que está sendo realizada na AABB de Vitória da Conquista.

A Comercial Oliveira participa da competição com o s seguintes atletas: Inho, Curiango, Peu, André, Washington, Rafael, Pitbull, Gustavo, Dudu, Maicon, Luciano, Paulo Pina, o treinador Jackson Alves e Nakata, dono do time.

A equipe conseguiu a vaga após vencer pelo placar de 6X5, a boa equipe do Nelson Barbosa Futsal.

A primeira partida da semifinal ocorrerá no próximo sábado (21), às 15:00 horas, contra os donos da casa, AABBXComercial Oliveira. No outro jogo, enfrentam-se as equipes, Rua 10 x Futsal de Minas.

Homem comete suicídio em localidade rural de Barra do Choça


Viatura da Polícia e Rabecão em Barra do Choça preparados para recolherem o corpo

Um homem identificado por “Guiguiu”, de 48 anos cometeu suicídio, na noite deste domingo (15), no Capão Verde, localidade rural de Barra do Choça.

De acordo com informações preliminares, o homem estava depressivo. A família foi à Igreja, deixando- o em casa. Ao retornar, encontrou o corpo já sem vida. Vitima de enforcamento.

aguardem maiores informações…

Fechar escolas para salvar vidas, defende Coletivo Educar na Luta


 

O Coletivo Educar na Luta defende o imediato fechamento de todas as escolas na Bahia. Tanto da rede pública quanto da rede privada a fim de conter o avanço do covid-19, corona vírus.

Tal medida é fundamental para evitar o pico de contaminação previsto para os meses de abril e maio. Sabemos que nosso sistema de saúde é ineficiente, faltam leitos no dia a dia e dificilmente teremos ampliação para acolher todos e todas que irão precisar, sobretudo os idosos, que nos casos mais graves, precisam de leitos com ventilação artificial para não agravar o estado de saúde.

Na Bahia já temos 8 casos confirmados até o momento. O Governador Rui Costa tem adotado medidas lentas e contemplativas. Até o momento as ações do governo se limitaram a uma lista com medidas de higiene e de comportamento para evitar a transmissão pela comunidade escolar e universitária. Agora pensemos: escolas não têm o mínimo necessário para o seu funcionamento, recursos não chegam, muitas não têm papel, piloto e sabonete, nem torneiras, imagine álcool a 70%! Jogar nota na imprensa pra fazer a linha de gestão preocupada com a saúde pública é moleza! Precisamos URGENTE de iniciativas reais de prevenção e respeito à vida do povo baiano. Ascom/APLB