Polícia Militar recupera na zona rural de Barra do Choça moto que havia sido furtada


Na manhã desta quarta-feira (26), policiais militares da 79ª CIPM recuperaram no povoado de Pau Brasil, em Barra do Choça, uma uma motocicleta vermelha, marca Honda, modelo CG 125, furtada na última sexta-feira (21), na cidade de Caatiba/BA.

Uma senhora compareceu à sede do pelotão de polícia informando acerca de uma moto furtada abandonada em frente à sua residência, no povoado do Pau-Brasil, e que o furto teria sido cometido pelo seu filho.

De posse das informações, os militares foram até o local e apreenderam o veículo, que foi apresentado às autoridades competentes para a adoção das medidas cabíveis.e: ASCOM/79ª CIPM

EDUCA realiza culminância do Projeto de Leitura que trabalhou o livro “Mamãe tá careca”


O Educandário Corina Amorim – EDUCA realizou na manhã da última quinta-feira (20) a culminância do Projeto de Leitura que trabalhou o livro “Mamãe tá careca” de Juliana Vermelho Martins.

O livro conta a história de uma mãe chamada Mônica. Certo dia, Mônica é diagnosticada com câncer de mama. E como sempre acontece, este fato abala toda a família, principalmente seus filhos. Mônica enfrenta a cirurgia de retirada do nódulo e logo após inicia o tratamento de quimioterapia, dando origem ao título do livro “Mamãe tá careca”.Um dos pontos altos da culminância, foi o testemunho da jovem Alessandra Santana, diagnosticada e curada de um câncer. Alessandra relatou aos estudantes, a sua luta, a fé e a alegria de se ver livre da doença.

O projeto foi trabalhado pela professora Geisa Sabino, participaram alunos do 5º e 6º ano, do turno matutino. O projeto foi um sucesso, avaliou a coordenadora Simone Andrade.

Como todo bom projeto, não poderia faltar o lanche coletivo. Acompanhe nossa GALERIA FOTGRÁFICA

Morre aos 72 anos, o técnico de futebol, Valdir Espinosa


Morre Valdir Espinosa, campeão carioca pelo Botafogo em 1989 e do mundo pelo Grêmio em 1983

Morreu nesta quinta-feira Valdir Espinosa, aos 72 anos de idade. Submetido a uma cirurgia na região do abdômen no dia 17, ele foi internado novamente no dia 20 e não se recuperou. Ele ocupava o cargo de gerente de futebol do Botafogo, clube com o qual tinha grande identificação pela conquista do Campeonato Carioca de 1989. O velório será nesta quinta-feira, das 15h às 22h, no Salão Nobre da sede do clube de General Severiano.

Nascido em Porto Alegre, Espinosa começou sua carreira no futebol como jogador do Grêmio. Atuou por oito anos como profissional, passando por CSA, Esportivo e Caxias. Parou em 1978 e no ano seguinte já iniciou no cargo de treinador do Esportivo.
Desde então, construiu uma carreira sólida, com o auge em 1983, quando comandou o Grêmio campeão da Libertadores e do Mundial. Na época, o time contava com jogadores como Renato Gaúcho, De León, Paulo César Caju e Mário Sérgio.

Em 1989, Espinosa aceitou o convite do Botafogo, que não conquistava o Campeonato Carioca havia 20 anos. Com um gol de Maurício na final contra o Flamengo, o time celebrou o título invicto da competição e criou mais um momento histórico para a carreira do treinador.
Espinosa rodou o Brasil como treinador e teve experiências internacionais. Ele trabalhou no Cerro Porteño, do Paraguai, no Al-Hilal, da Arábia Saudita, e no Tokyo Verdy, do Japão. Também teve uma rápida passagem pelo Las Vegas City.