Papa Francisco oficializa Irmã Dulce como Santa Dulce dos Pobres


Papa Francisco abençoa fiéis sob olhar de brasileira com camiseta em alusão a Irmã Dulce - Foto: Alberto Pizzoli/AFPO papa Francisco declarou santa a brasileira Irmã Dulce (1914–1992) neste domingo 13, durante missa no Vaticano. Diante de uma multidão de fiéis, grande parte brasileiros, a agora Santa Dulce dos Pobres foi inscrita no álbum dos santos da Igreja Católica. O papa aproveitou a ocasião para pedir que os católicos, a exemplo dos novos santos, sejam “luzes gentis na escuridão do mundo”.

Na fila para entrar na missa estava Selma Almeida dos Anjos que veio de Salvador especialmente a canonização. Visivelmente emocionada, ela disse que “a primeira santa brasileira só poderia ser baiana”. Selma tem fé que santa Dulce trará “novos tempos de união ao Brasil”, afirmou.

Junto com outro grupo de brasileiros encontramos Neusa Sales Barbosa, de Fortaleza, devota da nova santa. Ela trouxe ao Vaticano uma foto que tirou ao lado de irmã Dulce. “Essa foto é de 1985 quando visitei as obras de irmã Dulce. Obtive muitas graças e sempre peço ajuda a ela”, declarou. Carta Capital