Cerca de 100 famílias ribeirinhas estão desalojadas após água de barragem invadir cidades na BA; moradores fazem relato


Município de Coronel João Sá tomado pela água após chuva e rompimento de barragem de cidade vizinha — Foto: Studio Júnior Nascimento

Barragem transborda e desaloja mais de cem famílias no Nordeste da Bahia

Cerca de 100 famílias ribeirinhas da cidade de Coronel João Sá ficaram desalojadas depois que o município foi invadido por águas de uma barragem que fica no distrito de Quati, na cidade de Pedro Alexandre, na manhã desta quinta-feira (11). Não há registro de feridos ou desaparecidos.

Prefeitura de Pedro Alexandre decreta situação de emergência e calamidade pública após rompimento de barragem — Foto: Arquivo pessoal/Gino Giubbini

Em Pedro Alexandre, também não há registro de desaparecidos, feridos, desalojados ou desabrigados. Moradores dos dois municípios falaram sobre a situação da região depois da inundação. [Veja depoimentos abaixo

A barragem do Quati foi construída pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e entregue em novembro de 2000 à Associação de Moradores da Comunidade do distrito. Ela represa água do Rio do Peixe para o período de estiagem, mas transbordou após as fortes chuvas que caem na região

Imagem aérea de Coronel João de Sá após barragem de água transbordar em Pedro Alexandre — Foto: Studio Júnior Nascimento

A cidade de Coronel João Sá foi a mais atingida pela inundação, porque fica em uma altitude mais baixa que Pedro Alexandre. Antes da enxurrada chegar em Coronel João Sá, o prefeito Carlinhos Sobral se pronunciou nas redes sociais e pediu que os moradores saíssem das casas.

“Eu peço encarecidamente que todas as pessoas que moram nas áreas de risco que saiam das suas casas. Peguem seus documentos pessoais, peguem também seus objetos de valor, o que puder levar de eletrodoméstico, o que puder salvar de móveis, porque a gente não sabe ainda as consequências porque nunca passamos por ela”, disse ele. G

Barra do Choça vai exportar café da agricultura familiar para a China


De Barra do Choça para a China, o café da agricultura familiar atravessa fronteiras e conquista o paladar dos asiáticos. Ainda neste ano, a Cooperativa Mista dos Pequenos Cafeicultores de Barra do Choça e Região (Cooperbac) começa a exportar seus produtos para o país asiático.
Resultado de imagem para cooperbacNesta terça-feira (9), um grupo da Câmara de Comércio da China conheceu as instalações da cooperativa baiana da agricultura familiar, que tem previsão de enviar para o país cerca de 40 toneladas de café por mês.
O Governo do Estado, por meio do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), investiu cerca de R$3,4 milhões na cadeia produtiva do café da cooperativa, possibilitando agregar valor à produção e alavancar a comercialização do produto. 
Resultado de imagem para cooperbac

Os investimentos deram um salto na qualidade da produção, com a oferta de assistência técnica e extensão rural (Ater), aquisição de equipamentos como cinco despolpadores e 20 estufas instalados nas propriedades dos agricultores, o que resultará na linha gourmet da Cooperbac. A cooperativa também teve sua estrutura contemplada com máquina pesadora, modeladora e empacotadora a vácuo, ampliando o acesso ao mercado. A presidente da Cooperbac, Joara Oliveira, destaca que a exportação de uma grande quantidade de café significa que os cooperados estão organizados: “Isso foi possível graças aos investimentos que o Governo do Estado tem feito na qualificação da agroindústria e na qualificação das unidades familiares. Significa que esses projetos estão promovendo renda pra os nossos produtores. Se a gente está fazendo essa exportação hoje é graças a esse projeto, o que vai gerar muita economia e vai tirar a figura dos atravessadores da vida dos nossos produtores”.Resultado de imagem para cooperbacPara o secretário de Desenvolvimento Rural, Josias Gomes, a Cooperbac está fazendo uma revolução, desde o plantio até a comercialização, produzindo café de qualidade, com inovações fantásticas: “Somos parceiros nessa jornada e eles mostram que quando a agricultura familiar tem incentivo é possível alcançar grandes mercados. Nós estamos mostrando para todo o Brasil e para o mundo que a agricultura familiar da Bahia é economicamente viável e um sucesso mundial”.

No próximo mês de novembro, um grupo da Cooperbac visitará as instalações da Câmara de Comércio da China para conhecer, in loco, seus investidores. Fonte: Ascom/Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR)

Professores da Rede Municipal realizam Assembleia Ordinária nesta quinta-feira, 11/07, às 13:30 hrs.


A Direção do Sindicato dos Professores de Barra do Choça realiza nesta quinta-feira (11), às 13:30 horas mais uma assembleia ordinária. A atividade ocorre no auditório do Centro Educacional de Barra do Choça.

Na pauta estão, a avaliação dos momentos de paralisação; aprovação da ata de retificação de posse da direção; informes diversos; Prestação de Contas 1º Semestre.

Monte Sinai Loteamento: Um bairro planejado para você!


Ruas asfaltadas, água, energia, esgoto, quadra poliesportiva, academia ao ar livre, pista de cooper, ciclofaixa, posto de saúde, posto policial, área de lazer, praças com parque infantil, bosque com lago e 65 mil metros quadrados de área verde para deixar tudo ainda mais bonito! Você encontra tudo isso no Monte Sinai Loteamento. Um bairro planejado para você! Oferecemos lotes de 360m² a partir de 375,00 mensais.

Sem entrada! Excelente oportunidade para morar ou investir em uma das regiões mais valorizadas de Vitória da Conquista! Visite nossa Central de Vendas, no térreo do Centro Médico Empresarial Otávio Santos (Avenida Otávio Santos, 227, Centro) ou no Estande de Vendas no loteamento. Você também pode agendar uma visita com nossos corretores. Ligue e não fique de fora dessa oportunidade! Fone: (77) 3202-6518 ou Whatsapp: (77) 98121-7200. Portal Poções

#MonteSinai #TamoioEmpreendimentos #VitóriaDaConquista 

Veja como votaram os deputados eleitos em Barra do Choça no texto-base da reforma da Previdência


Agora, o texto deve ser votado em segundo turno, com um intervalo de cinco sessões. Se aprovada, a proposta seguirá para o Senado…

reforma da Previdência foi aprovada nesta quarta-feira, 10, em primeiro turno no plenário da Câmara dos Deputados, por 379 a 131 contra. Como trata-se de uma proposta de emenda à Constituição (PEC), eram necessários pelo menos 2/3 de votos a favor (308 de 510 deputados).

Agora, o texto deve ser votado em segundo turno, com um intervalo de cinco sessões. Se aprovada, a proposta seguirá para o Senado. O Blog do Jorge Amorim apresenta em primeira mão a relação dos deputados federais eleitos por Barra do Choça que votaram SIM e NÃO na Polêmica Reforma da Previdência.

Disseram SIM, os deputados Paulo Azzi (DEM), Adolfo Viana (PSDB) e paulo Magalhães (PSD). Já Waldenor Pereira (PT), Marcelo Nilo (PSB), Mário Jr (PP), Feliz Mendonça (PDT) e Paulo Magalhães (PSD)

Confira como votou cada um dos parlamentares de cada partido:. Com informaçoes do G1

Ex-prefeito de Barra do Choça, Oberdan Rocha tem contas rejeitadas pela Câmara Municipal


Professor barrachocense lança desafio, aluno da FTC topa e desenvolve sistema que liga cafeteira pelo celular


Professor Lucas Amorim ao lado do estudante, Lúcio Rafael da FTC

A “internet das coisas” se refere a conexão itens do nosso dia a dia com a internet. Considerando o termo desenvolva uma integração entre sua conta no Twitter e uma cafeteira elétrica. A cafeteira deve ligar ao twitar a mensagem “Fazer Café” em sua conta. O sistema deve estar integrado com a conta do Twitter do usuário e, assim que o comando for postado, o sistema aciona a cafeteira através do Arduino.

Foi esse o desafio proposto pelo professor barrachocense Lucas Amorim do curso de graduação em Sistemas de Informação da UniFTC. O aluno Lúcio Rafael, topou o desafio e desenvolveu com bastante esforço e noites em claro a solução proposta, conforme apresentado no vídeo.

Amigos e colegas ficaram extasiados ao ver a tecnologia funcionando. Essa solução pode vir ser bastante aceita aqui em nossa região, caso seja comercializada, visto que se trata da terra do café e, além disso, a quase totalidade da população consome a bebida. Além de proporcionar comodidade e praticidade em fazer um cafezinho a distância, a solução criada é de baixo custo. Utilizou-se de componentes eletrônicos simples e de conhecimentos de algoritmos e programação para que tudo funcionasse como esperado.