Por que essa Copa do Mundo Feminina é especial e merece sua atenção


 

Até mesmo os que não acompanham futebol diariamente, não têm um time de coração e nem gostam tanto assim do esporte param de 4 em 4 anos para acompanhar a Copa do Mundo. As melhores seleções do mundo, com as maiores e melhores estrelas atrai telespectadores e consumidores por todo mundo. Ano passado, no Mundial da Rússia, não foi diferente. Mas se os atrativos são tantos, por que não dar chances e acompanhar também a Copa do Mundo de Futebol Feminino? O torneio feminino segue os mesmos moldes da consagrada versão masculina, com toda emoção de uma competição mata-mata. Com 24 seleções, o Mundial será realizado na França, do dia 7 de junho a 7 de julho.
As seleções são dividas em seis grupos de quatro equipes cada, com três confrontos na primeira fase. Os primeiros e segundos lugares avançam para as oitavas, além dos quatro melhores terceiros. O Brasil está no Grupo C, ao lado de Jamaica – seleção novata e com uma história de superação -, Austrália e Itália.
Agora que você sabe que os atrativos são tão bons quanto o masculino – futebol bem jogado, craques, times incríveis, muita torcida -, confira ainda mais motivos para assistir e os porquês dessa Copa ser especial.

Leia mais em: IBahia