Deficientes auditivos de Barra do Choça participam de sessão da Câmara; presidente garante presença de intérprete


Um protesto silencioso foi realizado por um pequeno grupo de deficientes auditivos na Câmara Municipal de Barra do Choça. O grupo, formado também por simpatizantes à causa, cobrava dos vereadores para retomar a contratação de tradutor de Libras (Língua Brasileira de Sinais), para as sessões.
O presidente da Câmara Manoel Nascimento explicou o porquê de parar com os serviços da intérprete. De acordo com o edil, havia o interesse da Casa em melhorar o salário da profissional, no entanto, precisava de um respaldo jurídico, mas devido a necessidade, será contratada a intérprete nas mesmas condições do contrato anterior, disse.
Houve uma pequena discussão entre um dos manifestantes e o presidente da Casa, que considerou inoportuna a postura do cidadão. A falta da intérprete, causou um grande embaraço, ninguém se entendia. Na ausência, uma representante do grupo ocupou a parlatório e apresentou slids, com os motivos e a lei que tornam obrigatória a presença do tradutor.
Os vereadores reforçaram os argumentos do presidente e garantiram a presença da profissional nas próximas sessões, garantiram. Acompanhe o vídeo: