Vereadores de Barra do Choça cumprem agenda em Salvador; na pauta Bom Retiro, energia elétrica e poços artesianos


Os vereadores Manoel Gomes “Nil dos Brejões” (PP) e Roberto Ferreira “Ro Pneus” (PSDB) estiveram nesta quarta-feira(03) na capital baiana cumprindo Agenda de compromissos com os deputados federal, Nelson Leão (presidente da ALBA) e com o deputado estadual, Eduardo Salles (PP).

Blog do Jorge Amorim e Rádio Barra WEB fecham parceria com o Supermercado Novo União de Barra do Choça


É Isto mesmo, o Blog do Jorge Amorim e a Rádio Barra WEB fecharam mais uma grande parceria, desta vez com o novo Supermercado que chega á Barra do Choça, O Supermercado Novo União.

A parceria foi acertada nesta terça-feira (02), entre os proprietário do Estabelecimento e o blogueiro Jorge Amorim. Com as parcerias os clientes ficarão por dentro das novidades do Supermercado que chega à Terra do Café trazendo uma nova opção no ramo supermercadista.

O Supermercado Novo União está situado na Praça Castro Alves, no Centro de Barra do Choça. Aguardem novas Informações!!!

Acusado de estupro em Barra do Choça é preso em São Paulo


Um homem acusado de estupro em Barra do Choça foi preso em São Paulo, na última quinta-feira (28). Homens da Policia Civil, em Cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva., apreendeu o sr. Alterívio Ferreira, o qual é indiciado por crime de estupro de vulnerável, e teve sua prisão representada pela Autoridade Policial local.

De acordo informações, o detido encontra-se preso em São Paulo, aguardando o recambiamento para Comarca de Barra do Choça. O indivíduo é acusado de estupro de três crianças, duas de seis e uma de 4 anos.

Polícia Federal encontrou provas de corrupção na delegacia do Caso Marielle


A PF (Polícia Federal) encontrou provas de que houve atos de corrupção praticados por membros da DH (Delegacia de Homicídios da Capital) que impediram o esclarecimento da autoria de assassinatos que envolvem milicianos do “Escritório do Crime” e integrantes da máfia do jogo do bicho no Rio de Janeiro.

A informação foi confirmada ao UOL por duas fontes ligadas ao inquérito da PF que apura se houve obstrução à investigação sobre a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes — crime ocorrido em 14 de março de 2018. A reportagem apurou que ao menos dois delegados estariam na folha de pagamento do “Escritório do Crime”. A propina era paga na própria sede da DH, localizada na Barra da Tijuca (zona oeste do Rio).

Após a conclusão do Caso Marielle, os policiais federais vão focar no desbaratamento da relação promíscua que une integrantes do crime organizado e agentes da segurança pública do estado.

Pelo menos oito inquéritos da DH estão sob análise da PF por determinação da PGR (Procuradoria-Geral da República). Além do caso Marielle, também estão submetidas à varredura federal as investigações sobre as execuções de dois herdeiros de clãs da máfia do jogo do bicho: Hayton Escafura e Myro Garcia, assassinados em 2017. Esses e outros crimes são atribuídos à milícia conhecida como “Escritório do Crime”.

Durante sua investigação, a PF analisou se o grupo criminoso contava com infiltrados dentro da DH, conforme depoimentos de dois delatores ouvidos por procuradores da República. Procurada por email para comentar a investigação da PF, a Polícia Civil do Rio não respondeu à reportagem. UOL

Uma nova opção para o seu final de semana, Restaurante e Pesque-pague Recanto da Preguiça; saiba mais…