Trabalho escravo tem relação com informalidade e desemprego


A condição análoga à de escravo possui forte relação com a informalidade e com o desemprego, avaliou o chefe da Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo (Detrae), o auditor-fiscal do Trabalho Maurício Krepsky Fagundes, após analisar os resultados de um perfil das vítimas de trabalho escravo divulgado nesta terça-feira (5) pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho, órgão vinculado ao Ministério da Economia.

“Dentre aqueles resgatados que já tinham um histórico de pelo menos uma admissão em emprego formal, 64% das últimas movimentações do Caged [Cadastro Geral de Empregados e Desempregados] foram demissões por iniciativa do empregador. Isso reflete uma considerável entrada de mão de obra em um sistema de exploração abaixo de patamares mínimos de dignidade, originária do desemprego involuntário. Dentre os trabalhadores estrangeiros resgatados, apenas 2% já tinham sido admitidos em um emprego formal”, disse Fagundes.

De acordo com o perfil, dados da fiscalização demonstram que 45% dos trabalhadores maiores de 18 anos resgatados nunca possuíram um emprego formal antes da data do resgate, 57% tiveram nenhuma ou apenas uma admissão no mercado de trabalho formal e 72% obtiveram, no máximo, três admissões registradas no histórico laboral. Em 2018, a fiscalização do governo federal encontrou 1.723 pessoas trabalhando em condições análogas às de escravo, das quais 1.113 foram resgatadas. Ao todo, os infratores pagaram R$ 3,4 milhões em verbas salariais e rescisórias.

*Bahia.ba

Endividamento e inadimplência sobem de dezembro para janeiro


O percentual de famílias com dívidas (com atraso ou não) no país subiu de 59,8% em dezembro de 2018 para 60,1% em janeiro deste ano. A parcela de inadimplentes, ou seja, aqueles com dívidas ou contas em atraso, também cresceu no período: de 22,8% para 22,9%.

Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada nesta terça-feira, 5, pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

De acordo com a CNC, no entanto, a piora dos indicadores na comparação mensal não compromete a expectativa de evolução da economia. Segundo a economista Marianne Hanson, da CNC, as taxas de juros em patamares mais baixos constituem fator favorável a esse resultado, e as famílias brasileiras também se mostraram mais otimistas em relação à sua capacidade de pagamento.

Comparação com 2018

Apesar disso, na comparação com janeiro de 2018, houve queda em ambos os indicadores, já que naquele mês a parcela de endividados era de 61,3% e o percentual de inadimplentes era de 25%. Aqueles que declararam não ter condições de pagar contas passaram de 9,5% em janeiro do ano passado para 9,1% em janeiro deste ano.

*A Tarde

WhatsApp introduz função de desbloqueio com acesso biométrico


O WhatsApp anunciou nesta nesta terça-feira (5) uma nova ferramenta, que permite bloquear a tela do aplicativo e desbloqueá-la apenas com função biométrica de reconhecimento digital ou facial.

A novidade, por enquanto, vale apenas para iPhones. A assessoria do WhatsApp afirmou que “ainda não tem nenhuma previsão” da chegada dessa função para celulares Android.

A ferramenta permite determinar uma quantidade de tempo para o bloqueio, contando desde a última vez em que o aplicativo foi utilizado. Após bloqueado, só será permitido o acesso com uso de autenticação biométrica — pelas funções Touch ID e Face ID, disponíveis nos celulares da Apple.

Quando essas funções são usadas por aplicativos parceiros, a Apple não envia os dados de biometria para a empresa, apenas um sinal que afirma que o reconhecimento foi feito.

De acordo com o WhatsApp a nova função vai fortalecer a privacidade do usuário e impedir que outras pessoas usem o aparelho sem permissão para ler mensagens.

*G1

Gás ‘de cozinha’ ficará mais caro a partir desta terça-feira (05/02).


A partir desta terça-feira (05/02), o botijão de até 13 quilos de gás liquefeito de petróleo (GLP) residencial – popularmente chamado de “gás de cozinha” – ficará mais caro. O novo preço médio do produto, anunciado hoje pela Petrobras, será de R$ 25,33. No último ajuste, feito em novembro do ano passado, o preço determinado foi de R$ 25,07. O produto tem reajustes trimestrais. O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que o reajuste vai variar entre 0,5% e 1,4%, de acordo com o polo de suprimento. O Sindigás calcula que o valor do GLP empresarial está 13,4% acima do GLP para embalagens até 13 quilos.

*Blog do Léo Santos

‘O pacote tem nosso apoio’, diz Rui sobre projeto anticrime apresentado por Moro


Embora admita que ainda não teve tempo de ler “todas as vírgulas” do “Projeto Anticrime”, o governador Rui Costa (PT) apoia a iniciativa. Apresentado pelo ministro Sérgio Moro, nesta segunda-feira (4), o projeto em questão propõe alterações em 14 leis, com o objetivo de tornar as penas mais rigorosas.

“O pacote tem nosso apoio, nós vamos trabalhar pra sua aprovação, que é a maior rigidez no combate ao crime organizado”, afirmou o governador baiano na sessão de abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Rui é cauteloso, no entanto, quanto à autorização da prisão em segunda instância (saiba mais aqui). Ele ressalta a necessidade de atentar para que o rigor não retire “qualquer valor de cidadania ou do direito de defesa das pessoas”.

*Bahia Noticias

Identificado morador de rua encontrado morto no centro de Vitória da Conquista


Um corpo de um homem identificado como Antônio Bispo da Silva de 54 anos,natural de Itapetinga, foi encontrado na porta de um estabelecimento comercial na rua Ascendino Melo no centro comercial de Vitória da Conquista, próximo ao hospital Unimec na manhã desta quarta-feira (o6).

Um cidadão  que percebeu o fato, acionou a polícia que ao chegar no local foi constatado a veracidade.Após a chegada do salmo 192,foi confirmado que o mesmo estava sem sinais vitais.

O local foi isolado pela polícia militar e nesse momento aguarda a chegada da Polícia técnica para encaminhar o corpo ao  Instituto Médico Legal para saber a causa da morte. Blog do Léo Santos

Professores da Rede Municipal realizam assembleia nesta quinta-feira, 07/02


 

A nova diretoria do Sindicato dos professores de Barra do Choça realiza nesta quinta-feira (07), a 1ª Assembleia Ordinária de 2019. De acordo o Edital de Convocação nº 01/2019, as pautas serão as seguintes:

  • Apresentação da Diretoria;
  • Prestação de Contas da Diretoria anterior;
  • Análise do cenário de 2019;
  • Filiação de professores;
  • Necessidade de Representação Jurídica e Contador;
  • O que ocorrer.

Este será o primeiro encontro da categoria desde o processo eleitoral que elegeu a nova diretoria. O encontro ocorre no Auditório do CEBC, às 8:30 horas. É importante a participação de todos! Veja edital:

Leonardo Góes assume Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento


O novo secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, anunciado pelo governador Rui Costa nesta terça-feira (5), é o engenheiro agrônomo Leonardo Góes Silva. Natural de Salvador, ele tem 45 anos e é mestre em Ciências Agrárias pela Universidade Federal da Bahia (Ufba). Em abril de 2006, ingressou no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), por concurso público, como perito federal agrário.
Leonardo foi assistente técnico, chefe da Divisão da Obtenção de Terras, diretor de programas e superintendente regional do Incra no estado de Sergipe entre 2012 e 2015. Assumiu a presidência da autarquia entre maio de 2016 e dezembro de 2018 e, desde então, vem contribuindo para a implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água em assentamentos baianos. ASCOM/GOV-BA