Eduardo Salles é escolhido líder da bancada do PP, a maior da Assembleia Legislativa da Bahia


Reeleito para o segundo mandato de deputado estadual com quase 90 mil votos, o quinto mais votado entre os 63 parlamentares, o deputado estadual Eduardo Salles foi escolhido para ser o líder da bancada do PP na Assembleia Legislativa da Bahia, que, ao lado da do PT, é a maior da Casa, ambas com 10 deputados.

“No meu primeiro mandato pude presidir as comissões de Educação e posteriormente Agricultura, além da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, além de aprovar diversos projetos de leis. Foi um aprendizado muito grande que me preparou para assumir a responsabilidade de ser o líder da bancada”, diz Eduardo Salles.

O parlamentar garante que nesta legislatura seu maior enfoque será fortalecer o setor produtivo baiano. “Precisamos ter uma legislação e políticas públicas que permitam a geração de empregos na capital e interior. A agropecuária, o comércio, os serviços e a indústria precisam ser apoiados na Assembleia Legislativa para que possam incrementar a economia dos municípios”, justifica o deputado.

Eduardo Salles agradeceu a confiança dos demais deputados estaduais do PP e da direção da legenda e prometeu ajudar o governador Rui Costa e o vice-governador João Leão a levar mais investimentos para melhorar a educação, saúde, infraestrutura, segurança pública e dinamizar o setor produtivo do Estado.

“Nosso trabalho na Assembleia Legislativa é apoiar o governo em todas as ações que melhorem a vida dos baianos e fazer críticas construtivas ao Executivo. E a bancada do PP tem consciência de seu papel na Casa”, concluiu Eduardo Salles. ASCOM/Deputado Estadual Eduardo Salles

Sessões da Câmara de Barra do Choça serão realizadas às terças-feiras, às 9:00 horas da manhã; Transmissão ao Vivo, NÃO PERCA!


As sessões semanais da Câmara Municipal de Barra do Choça terão novo dia e horário a partir desta terça-feira (05). A mudança do dia das sessões ocorreu na posse do novo presidente, Manoel Nascimento.

A decisão dividiu opiniões, no entanto, a maioria optou pela realização dos trabalhos pela manhã.

Acompanhe os trabalhos do legislativo municipal, através do Blog do Jorge Amorim, da Rádio barra WEB e do FACEBOOK.

 

LEI ANTICRIME: Moro anuncia hoje medidas ‘objetivas’ contra corrupção


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou em um vídeo publicado ontem (2) que o projeto de lei anticrime a ser enviado ao Congresso Nacional terá “medidas bastante objetivas” e “fáceis de serem explicadas” contra corrupção, crime organizado e crimes violentos.

O titular da pasta apresenta o projeto hoje(4) em uma reunião com governadores e secretários de segurança, em Brasília.

De acordo com o Ministério da Justiça, a proposta será encaminhada para análise de deputados e senadores nos “próximos dias”.

O projeto da lei anticrime é um dos que integram a lista de metas prioritárias para os primeiros 100 dias do governo Jair Bolsonaro.

Denúncia contra Temer no caso dos portos deve ir à 1ª instância nesta semana


O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), deve encaminhar nesta semana à Justiça Federal em Brasília a denúncia apresentada contra o ex-presidente Michel Temer no caso dos portos. No fim do ano passado, Temer foi denunciado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por integrar um suposto esquema para favorecer empresas específicas na edição de um decreto sobre o setor portuário.

A procuradora denunciou mais cinco pessoas por corrupção ativa e passiva e lavagem, entre elas, o ex-assessor especial da Presidência da República, Rodrigo Rocha Loures. A procuradora também acusou de crimes o amigo do presidente, o coronel aposentado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho. Dodge também pediu a abertura de mais cinco inquéritos para investigar Temer. Barroso também deve enviar esses pedidos de investigação para a primeira instância. Caberá ao Ministério Público Federal nos estados conduzir as investigações.

Um dos pedidos de inquérito quer apurar se houve lavagem de dinheiro supostamente cometido por Temer e pela filha Maristela em reforma de imóvel em São Paulo. Esse caso, a pedido da procuradora, deve ir para a Justiça Federal de São Paulo. Outro caso deve parar nas mãos do juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro. Dodge pediu abertura de inquérito para apurar suspeitas apontadas pelo delator José Antunes Sobrinho, de que houve pagamento de R$ 1,1 milhão, em 2014, solicitados por João Baptista Lima Filho e pelo ministro Moreira Franco, com anuência de Michel Temer.

O pedido para que o inquérito siga no Rio se deve a uma relação com o esquema de desvios ocorrido na estatal Eletronuclear.

*G1

Após tragédia na rodovia estadual BA-262, população reclama de falta de fiscalização por parte do Governo do Estado.


Os moradores de Poções estão preocupados e incomodados com a quantidade de animais espalhados pela Rodovia BA-262. São bois, vacas e cavalos deixados por seus irresponsáveis proprietários para pastar as margens da rodovias que acabam colocando a população em risco. Um desses irresponsáveis proprietários de animais, provocou a morte da jovem enfermeira Larissa Nogueira, 29 anos, casada e mãe de duas filhas, que, na noite de sábado (02), foi a óbito após colisão de sua moto com um animal no trecho da Curva da Morte, entre Poções e Morrinhos.

Diante da tragédia, a população poçoense tem se preocupado com os animais soltos na rodovia. Em vários comentários nas redes sociais, internautas alertam para o perigo e reclamam da falta de fiscalização do Governo do Estado da Bahia, através Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Embora a culpa maior seja por parte irresponsáveis proprietários de animais, a Polícia Rodoviária Estadual deve realizar fiscalizações na rodovia e recolher os animais com o intuito de evitar que mais vidas sejam ceifadas no município. Vale ressaltar que os casos de animais soltos na rodovia já foram diversas vezes denunciados pelo Portal Poções ao longo dos quase 11 anos no ar.

Homem é preso ao usar tragédia de Brumadinho para aplicar golpes


Um homem que se passou por policial federal foi preso na sexta-feira (01/02), após aplicar golpes em comerciantes que se dispuseram a ajudar as vítimas da tragédia da Vale. Cléber Gomes é do Paraná e já cumpriu pena por estelionato. Deixou a prisão há três meses.

Cléber deixou o estado do Sul do Brasil e viajou para Brumadinho, onde o rompimento da barragem de Feijão, da Vale, se rompeu na última sexta-feira de janeiro. Por enquanto, 121 corpos foram retirados da lama e 226 pessoas continuam desaparecidas. Ele pedia doações a comerciantes, como chips e celulares que seriam usados, segundo ele, pela Polícia Federal em trabalho de campo na área devastada pelos rejeitos de minério da mina.

Um dos golpes foi aplicado num shopping popular em Belo Horizonte. Um dos lojistas, contudo, desconfiou da atitude do homem e acionou a segurança do empreendimento, que, por sua vez, chamou a Polícia Militar. Cléber, que foi preso em flagrante com uma camisa semelhante a de agentes da Federal, confirmou ter ido a Brumadinho e se passado por policial:

“— Fiz uso sim desta farda da Polícia Federal para acompanhar (em Brumadinho) equipes em locais que eles não conseguiam entrar. Acabei me aproveitando no hotel em que estava hospedado. Fiz algumas alimentações na estação do conhecimento (uma espécie de base de voluntários e agentes do poder público). Me deram um atendimento um pouco melhor, achando que eu era policial.”.