Governo da Bahia autoriza linha de crédito para cooperativas da agricultura familiar 


O Governador Rui Costa assinou, nesta sexta-feira (11), a autorização para a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), implantar uma linha de crédito voltada para financiar as cooperativas e associações da agricultura familiar na Bahia, no âmbito do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social (Fundese).

A nova linha disponibilizada, denominada Coopergiro, vai proporcionar o apoio ao cooperativismo no estado, por intermédio de financiamento de capital de giro para as cooperativas, com prazo de pagamento e taxas competitivas. “Por mais investimento que o Governo do Estado venha a fazer em estrutura física e equipamentos, fica para as cooperativas o desafio de colocar no mercado a matéria-prima dos seus cooperados, o que, às vezes, pode levar sessenta, noventa dias. Então, esse lapso de tempo pode ser resolvido com uma injeção de capital de giro. Com essa linha de crédito que está sendo implantada, as cooperativas poderão não só implantar uma agroindústria, mas também mantê-la”. destacou o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias.

Francisco Miranda, presidente da Desenbahia, destacou o resultado do investimento realizado pelo Governo do Estado, por meio da SDR,  que levou a um grande crescimento e qualificação das cooperativas que beneficiam e comercializam os produtos da agricultura familiar na Bahia: “Com o crescimento da produção e das vendas surgem novas demandas, como a necessidade de capital de giro para fazer face às despesas para a produção e comercialização dos produtos. Para suprir essa necessidade, a Desenbahia vai disponibilizar a nova linha Coopergiro”.

Para a presidente da União de Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bahia (Unicafes), Regina Dantas, o capital de giro é de fundamental importância: “As cooperativas que acessarem vão ter condições de melhorar a comercialização e, com certeza, a renda chegará às mãos do agricultor familiar, que é quem mais precisa e deve ser beneficiado. A vinda desse capital de giro também é muito importante para as alianças produtivas, porque vai dar um fôlego bem maior para as cooperativas trabalharem”.A assinatura da autorização da linha de crédito ocorreu durante evento em Feira de Santana em  que o governador Rui Costa assinou ordem de serviço para início das obras de construção de uma unidade anexa, que irá se somar ao Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e autorizou a SDR/CAR a executar 53 convênios do projeto Bahia Produtiva com empreendimentos da agricultura familiar. Ao todo, serão beneficiadas 5.989 famílias, com um investimento de mais de R$ 76 milhões. ASCOM/GOV-BA