Municípios de Barra do Choça e Planalto concluem revisão biométrica de eleitores


Nas duas cidades, mais de 80% do eleitorado foi biometrizado

clip_image003

Os municípios de Barra do Choça e Planalto, pertencentes a 139ª Zona Eleitoral, concluíram, na última sexta-feira (30/11), a revisão biométrica extraordinária. Nas duas cidades, mais de 80% do eleitorado foi biometrizado.

Em Barra do Choça, o número de eleitores é de 28.317. Desses, 24.515 (86,57%) cadastraram suas digitais. Em Planalto, dos 18.734 eleitores, 16.326 (87,14%) fizeram a identificação biométrica.

Os altos índices alcançados, segundo a técnica judiciária da 139ª ZE, Montserrat Viana Riera, vêm da antecipação da convocação do eleitorado. “A fase ordinária foi planejada e executada com sucesso. Fizemos um calendário convocando os eleitores por local de votação. O serviço de agendamento também foi peça fundamental no processo, pois garantiu uma média diária alta de atendimento e mais conforto ao eleitor.”

Em razão do percentual elevado – conquistado ainda na fase espontânea – a convocação obrigatória durou um mês (5 a 30 de novembro). “A maior vitória foi alcançar esse índice, atendendo a todos com respeito e organização”, completa a servidora.

Terminada a fase da revisão, o processo será encaminhado, pelo juiz eleitoral ao Ministério Público Eleitoral. Após a análise do MPE, retorna ao Cartório e, em seguida, será enviado à Corte do TRE-BA. A partir da homologação, ficam oficialmente cancelados os títulos dos eleitores que não compareceram aos cartórios eleitorais para fazer a identificação biométrica.

Irregulares

O eleitor que não conseguiu realizar a biometria dentro do prazo deverá regularizar sua situação junto à Justiça Eleitoral. A regularização poderá ser feita, a partir de 7 de janeiro de 2019, no Cartório Eleitoral (Av. Dom Climério, 111, Centro, Barra do Choça). Mais informações por meio do número (77) 3436-1205. ASCOM/TRE-BA

AABB Fest Verão; Betão e Banda, Cacau Com Leite e Homens de Cabaré, 15/12


A melhor festa de 2018. Você não pode ficar de fora!

O AABB FEST VERÃO, em sua primeira edição reunirá grandes nomes da música num mega evento, uma verdadeira maratona musical que ocorrerá no dia 15 de dezembro, com inicio às 13h e termina 20h.
O evento contará com a participação dos artistas, Betão e Banda, Cacau com Leite e Homens de Cabaré, que tocarão vários estilos musicais, pois as atrações foram escolhidas tendo como objetivo atrair pessoas de todas as idades para curtir e comemorar uma grande festa na tarde de verão.

Banco Mundial aprova investimento em cooperativa de café da agricultura familiar em Barra do Choça no Sudoeste baiano


O Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), está estimulando o crescimento produtivo da agricultura familiar, por meio de parcerias com o setor privado, com o edital Alianças Produtivas.Os investimentos estão sendo realizados pelo projeto Bahia Produtiva, financiado pelo Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD/Banco Mundial). Nesta terça-feira (04), representantes do projeto e do BIRD visitaram a Cooperativa Mista dos Pequenos Cafeicultores de Barra do Choça (Cooperbac), em Barra do Choça, no território Sudoeste, contemplada no edital.

A visita faz parte da Missão de Avaliação do Banco Mundial. De acordo com o coordenador do Bahia Produtiva, Fernando Cabral, a Missão ajuda no alinhamento da estratégia e da execução do projeto: “Ao final da missão, temos instrumentos para melhorar a qualidade do nosso trabalho. Por isso, recebemos especialistas do Banco Mundial”.A especialista sênior em Desenvolvimento Rural, do Banco Mundial, Fátima Amazonas, afirmou que o trabalho que está sendo feito na Cooperbac deixa a equipe do Banco Mundial orgulhosa: “Ficamos felizes com o trabalho que nós estamos fazendo como agentes de desenvolvimento e de compartilhamento da riqueza e de redução da pobreza na área rural.

Não basta apenas ter o convênio e a transferência de recursos, mas outros investimentos feitos nas pessoas. A parceria, de fato, essa aliança positiva, pelo que estamos vendo aqui, se configura com o conceito de aliança produtiva verdadeiramente “preconizado” com essa metodologia que o banco vem promovendo”.A Cooperbac foi selecionada no edital de Alianças Produtivas. Nas etapas de execução do projeto estão previstos investimentos na estruturação das associações vinculadas, em equipamentos na agroindústria e em veículos para viabilizar o escoamento da produção.

Para a presidente da Cooperbac, Joahra Oliveira, o  edital de Alianças Produtivas veio para agregar ainda mais ao projeto de fruticultura que a cooperativa também foi contemplada, principalmente na parte de comercialização, além de estruturação dos produtores, com as estufas:

“Vem agregar as empresas que se comprometem em comprar a nossa produção e as vinculadas, que a gente fecha todo o planalto da Conquista, Poções, Planalto e Encruzilhada, municípios de onde saiam os cafés para outros estados, vai passar pela Cooperbac para a comercialização. Então vai ser uma geração de renda muito grande para os nossos produtores e para os produtores que se vincularam à cooperativa, por meio do edital”.

Assistência Técnica

O projeto Bahia Produtiva também investe em Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) para os beneficiários e, para também acompanhar esta ação, ogrupo visitou também o Centro de Convivência e Desenvolvimento Agroecológico do Sudoeste da Bahia (CEDASB), em Vitória da Conquista, que atende 18 projetos de associações e cooperativas baianas do Sudoeste Médio Sudoeste com assistência técnica.

O presidente da Cedasb, Anacízio Xavier, enfatizou que as ações que estão sendo realizadas pelo Centro têm como enfoque a agroecologia: “Também vemos como nossa prioridade a comunicação popular. Construímos tudo junto com os agricultores e eles têm voz ativa nas iniciativas promovidas pelo Centro”. ASCOM/GOV-BA