Morre em Barra do Choça aos 56 anos, Aloísia Rosa de Jesus Neta


É com pesar que o Blog do Jorge Amorim, vem a público comunicar o falecimento da moradora ilustre de Barra do Choça,  de  Aloísia Rosa de Jesus Neta, de  56 anos. Ela faleceu hoje, segunda-feira (31), às 8:00 horas, em sua residência em Barra do Choça.

O corpo está sendo velado em sua residência, na rua Joaquim Emídio Cunha, Pedro Santino. O sepultamento está previsto para esta terça-feira (01), às 08:00 horas, no Cemitério Nova Cidade.

Neste momento de tristeza causada pela dor da perda de uma importante personalidade do município, o Blog do Jorge Amorim, manifesta a sua solidariedade e condolências aos familiares.

Por que Barra do Choça é uma cidade tão violenta?


Forças de segurança pública avaliam indicadores de violência em Barra do Choça

Equipe responsável: Sueli Santos, Tatiana Cardoso, Laís Soares, Eliene Lima, Gercilaine Ferraz – 3º C

 A nossa equipe do 3º ano C noturno, ao procurar pelos principais representantes das forças de segurança pública da cidade de Barra do Choça, pudemos ter uma visão mais ampla sobre a realidade da violência em nosso município. As dificuldades enfrentadas pelos profissionais da segurança pública, suas necessidades e conselhos para a população no geral.  Cabe a todos nós, membros da sociedade, colaborarmos na medida de nossas possibilidades com esses heróis para o bem de todos.

O Jornal do Dária entrevistou um representante da Polícia Militar, Capitão Daniel Freitas de Abreu e a delegada da Polícia Civil de Barra do Choça, Gabriela Garrido e o GCM Sérgio Rodrigues Brito. Eles comentaram sobre este tema que tanto preocupa a população local.

Capitão Daniel Freitas de Abreu (Polícia Militar) – Comparando com uma cidade de pequeno porte do tamanho de Barra, os índices de homicídios em Barra do Choça estão acima da média. Se você comparar essa média com a média de Barra do ano passado, nós estamos abaixo, houve redução esse ano. Agora existem outras características a serem observadas que estão relacionadas diretamente a homicídios, que são: a quantidade de pessoas envolvidas com o tráfico de drogas.

A gente analisa o índice de homicídios relacionados ao tráfico de drogas e porque esse movimento também é crescente nas cidades. Por exemplo, Barra do Choça é uma cidade um pouco maior do que a cidade de Planalto em questão habitacional, populacional e geográfica. Porém a atividade econômica com relação a plantação de café é uma cidade muito mais importante economicamente falando. Outra característica que contribui para esses índices serem mais altos, não só de homicídios, mas qualquer outro índice criminal é porque Barra do Choça está muito perto de Vitória da Conquista.  Aquela é a terceira maior cidade do Estado, com índice de homicídios muito alto inclusive. Então todas essas características fazem com que Barra tenha de ser analisada diferentemente de outras cidades do seu porte. Porém, comparado com que Barra já mostra historicamente e analisando essas características nós estamos numa curva decrescente de homicídios.

Delegada Gabriela Garrido – Polícia Civil de Barra do Choça- Os índices de homicídios em Barra do Choça estão acima de uma média esperada para uma cidade pequena, mas esse ano tiveram uma redução expressiva. A maior parte, desses crimes, é ligada ao tráfico de drogas. Nós temos identificado os autores dos crimes, os integrantes das organizações criminosas. Temos representado pelas prisões deles e, assim, a gente tem conseguido diminuir bastante. O ano passado foram 28 homicídios, esse ano foram 11 (entrevista realizada em novembro/18). Sem sombra de dúvida, a venda e o consumo de drogas são elementos fundamentais para a manutenção destes indicadores. Nós prendemos os responsáveis, o problema é que surgem novas pessoas no tráfico.

O tráfico está sempre recrutando outras pessoas, então você vai prendendo uns e o tráfico vai recrutando outros. Há uma renovação dessa frota de criminosos entendeu? E assim é impossível, não conheço nenhum lugar do mundo, principalmente no Brasil, em que tenha conseguido prender todos os traficantes. Em relação às escolas, elas já fazem o que é possível. Fazem palestras de esclarecimento, de acompanhamento, elas solicitam auxílio ao conselho tutelar. O problema é que não é o trabalho das escolas que está falhando, é o trabalho das famílias que está falhando e assim fica difícil para o Estado fazer essa correção. Para os pais, eu passaria a orientação de que eles olhassem os filhos antes do envolvimento, porque depois que há o envolvimento aí já é muito mais difícil. O problema é você orientar e tomar conta do seu filho antes de entrar nesse mundo.

Sérgio Rodrigues Brito, CMT. GCM (Guarda Civil Municipal) – A GCM de Barra do Choça, enfrenta com dificuldades algumas situações devido a não possuir porte de arma de fogo, exemplo: Homicídios, assaltos, entre outros. Tendo que direcionar as mesmas para a PM e Polícia Civil.  A GCM hoje disponibiliza de todos os equipamentos como fardamento, coturno, tonfa, etc. Portamos ainda taser (máquina de choque não letal) que é de grande valia em algumas situações. Atualmente o nosso contingente não é satisfatório, pois só houve um concurso em 1998 e na época, apenas 10 GCMs foram chamados, de lá pra cá a população aumentou e a criminalidade também, tornando assim um número de GCMs insatisfatório para atender a população. O número de viaturas e a qualidade das mesmas não atende às nossas necessidades, pois devido ao grande número de ocorrências com apenas uma viatura e uma moto não é possível dar um atendimento satisfatório.

O Jornal do Dária é uma realização do Colégio Estadual Dária Viana de Queiroz, sob a coordenação do professor e jornalista José Amorim

Rádio Barra WEB e Blog do Jorge Amorim realizam evento de fim de ano


Com o objetivo de valorizar e fortalecer vínculo com seus apoiadores, o Blog do Jorge Amorim e a Rádio Barra WEB promoveram neste sábado (29), o evento para entrega das promoções da rádio em dezembro.

Foi uma manhã festiva, e contou com a participação de figuras ilustres, parceiras da Rádio e do Blog. Entre eles, destaque para os amigos, Robinho “gerente da ZEMA”, o radialista de Vitória da Conquista, Peão Araújo, Fabrição “Moral”, os artistas, Léo Lyma e Beto Batera, Ninho Gomes, Manoel da “Banda Juá Com Mel” e Renatinho Show.Além da atrações musicais que se apresentaram, foi realizado a entrega dos prêmios oferecidos pelos patrocinadores da Rádio Barra WEB,sorteados no Programa Zito Show. A moradora de Barra Nova Lia Costa, recebeu das mãos de Dana Ana, uma Panela de arroz elétrica. o prêmio foi ofertado pelo cantor Jaime Santinato.Em seguida, o internauta Vanderlino Amorim, recebeu um pacote de café da COOPERBAC, contendo 10 pacotes de 250 gramas. Manoel “Juá Com Mel”  foi premiado com um kit de produtos da APIS JORDANS, Já o morador da Rua Joaquim Emílio, Wesley recebeu um Caixinha de Som JBL, da BARRA CELL.Encerrando as premiações, o internauta Uelves Freire, da rua Bela Vista, recebeu uma viagem de três dias para Porto Seguro, com tudo pago pela NIL TUR. Após os sorteios, Léo Lyma e Beto Batera fizeram uma belíssima apresentação acústica.Estreando em Barra do Choça, o artista conquistense, Ninho Gomes “Vaqueiro Top da Bahia”,  levou para a praça Castro Alves uma sequência de sucessos que são tocadas nas cavalgadas baianas.

Seu vídeo está bombando no FACEBOOK, refiro-me ao barrachocense, Renato Show, ou Renatinho, como é conhecido. Ele entoou canções que falavam de amor, e o público é claro, aprovou.

Acompanhe a cobertura fotográfica deste evento