Mais de 100 animais morrem em um intervalo de dois dias na Bahia; suspeita é de intoxicação alimentar


Ao menos 105 animais morreram em um intervalo de dois dias em uma fazenda da zona rural de Tanhaçu, no sudoeste da Bahia. De acordo com a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), intoxicação alimentar é a principal suspeita das mortes.

Na terça-feira (13/11), 60 animais foram encontrados mortos na Fazenda Pica-pau. Desde então, outros animais morreram na mesma localidade. Até a quinta-feira (15/11), o número chegou a 105.

De acordo com a Adab, que investiga a causa das mortes, por conta do período estiagem na região, o gado se alimentava com milho e sementes de algodão. Normalmente, essas são as opções dos criadores para a falta de pastagem em tempos de seca.

Os indícios são de que os animais tenham ingerido uma quantidade concentrada e não volumosa, em altas doses de aditivo alimentar, o que teria gerado uma reação intoxicante. Ainda segundo a Adab, até a manhã desta sexta-feira (16/11), 4 animais foram periciados. A análise nesses animais comprova a tendência da intoxicação. O laudo final da causa das mortes deve sair nos próximos dias. *G1

Justiça da Bahia proíbe apreensão de veículos com IPVA atrasado


A Justiça da Bahia expediu uma liminar nesta semana proibindo que o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) e a Superintêndencia de Trânsito de Salvador (Transalvador) apreendam veículos com o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) atrasado.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (16/11) pela seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), que moveu uma ação pedindo a proibição. A decisão foi publicada na última quarta-feira (14/11). Expedida pelo juiz Evandro Reimão dos Reis, da 10ª Vara Federal da Seção Judiciária da Bahia, a liminar determina multa de R$ 2 mil por veículo apreendido ilegalmente.

Ainda de acordo com a liminar, os dois órgãos devem enviar relatórios mensais de veículos apreendidos e o respectivo motivo, bem como daqueles que deixaram de ser licenciados após protocolização de pedido do proprietário, como forma de demonstrar o cumprimento da ordem judicial.

Na decisão, o juiz diz que a apreensão de veículos com IPVA atrasado traz constrangimento aos proprietários. “A retenção de veículo por falta de pagamento do IPVA, a par de evidente inconstitucionalidade, submete o proprietário/detentor do veículo assim apreendido a vexatória e gravosa situação”, diz.

Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero


A seleção brasileira de futebol venceu o time do Uruguai por 1 X 0. O gol foi marcado em uma cobrança de pênalti controversa, por Neymar, aos 30 minutos do segundo tempo. O jogo foi em Londres, no estádio do Arsenal, o Emirates Stadium.

A marcação do pênalti por causa de uma falta sofrida pelo lateral-direito Danilo na área foi contestado pela seleção uruguaia. No lance anterior, o jogador brasileiro encostou a mão na bola, mas o juiz não marcou. Com o resultado, a seleção brasileira manteve uma invencibilidade de 17 anos contra o Uruguai. A última vez que a seleção brasileira perdeu para a ‘Celeste’ foi em julho de 2001.

A equipe pentacampeã mundial começou atacando mais e balançou a rede aos dez minutos do primeiro tempo, mas o lance foi bem anulado. Filipe Luís cruzou com força da esquerda e Neymar completou de coxa, mas o capitão do Brasil foi flagrado em impedimento. Além de Neymar, o Brasil entrou em campo com outros oito jogadores que estiveram na Copa do Mundo, realizada na Rússia nos meses de junho e julho.

A seleção brasileira volta a jogar na próxima terça-feira (20/11) contra a seleção do Camarões às 17h30 (horário de Brasília) no MK Stadium, em Milton Keynes, a 88 km de Londres. No mesmo dia, um pouco antes (15h), tem jogo da seleção feminina sub-17 contra a África do Sul pela Copa do Mundo da categoria, que acontece no Uruguai. *Agência Brasil

Três pessoas ficam feridas após carro em que estavam atropelar vaca na BA-148; animal morreu na pista


Um homem e duas mulheres ficaram feridos após o carro em que estavam atropelar uma vaca na BA-148, região da cidade de Jussiape, sudoeste da Bahia. O animal não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O acidente aconteceu na noite de quinta-feira (15/11). O trio foi socorrido por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para a Santa Casa de Misericórdia de Jussiape. O estado de saúde das vítimas não foi revelado.

O nome das vítimas não foi divulgado pela polícia. O veículo e o animal foram removidos da pista, mas a polícia não soube detalhar por qual órgão. *G1