Coordenador e ex-servidor de órgão de trânsito na BA são presos por vender carros apreendidos; 19 veículos sumiram de pátio


O coordenador da 8º Circunscrição Regional de Trânsito de Juazeiro (Ciretran Juazeiro), Ítalo José dos Santos Souza, e um ex-funcionário do órgão, Jair dos Santos Santana, foram presos na manhã desta quinta-feira (11/10), na cidade do norte da Bahia, suspeitos de envolvimento em um esquema de fraude de documentos e vendas de veículos que estavam apreendidos no órgão.

Na sede da Ciretran, que é o órgão de trânsito na cidade do interior, a polícia apreendeu documentos, computadores, HDs e celulares.

Por meio de nota, o Detran-BA informou que já estava fazendo uma sindicância, que resultou na operação da Polícia Civil e disse que vai exonerar o coordenador da 8º Ciretran. Uma equipe da Corregedoria Geral do Detran está a caminho de Juazeiro para colaborar com a investigação.

Conforme apontam as investigações, que começaram em 2017, 19 veículos que estavam apreendidos no pátio do Ciretran de Juazeiro desapareceram no ano passado. Em seguida, a polícia descobriu que três veículos, duas motos e um carro, que haviam sumido, estavam rodando pela cidade com documentos que tinham sido fraudados dentro do Ciretran.

De acordo com a polícia, no esquema, os suspeitos fraudavam documentos, tiravam as multas e vendiam os carros e motos.

O coordenador do Ciretran e o ex-funcionário foram levados para delegacia de polícia. Eles serão ouvidos e vão ser levados para penitenciária de Juazeiro, onde ficarão à disposição da Justiça. Eles poderão responder por crimes de fraude, falsificação de documentos públicos, peculato, corrupção passiva, furto qualificado e associação criminosa. *G1