Fome cai no Brasil em dez anos, aponta relatório da ONU


A fome no Brasil caiu em um intervalo de dez anos. O levantamento O Estado da Segurança Alimentar e Nutrição no Mundo 2018, divulgado hoje (11/09), foi feito por cinco agências das Nações Unidas e mapeou o quadro de segurança alimentar no país e no restante do mundo. Os autores do estudo compararam o grau de subnutrição (ou fome, no jargão popular) da população em dois momentos: no biênio 2004-2006 e no biênio 2015-2017. No caso do Brasil, o índice caiu de 4,6% para menos de 2,5% no período de análise. Os dados não mostram uma evolução anual.

A pesquisa também trabalhou com outros indicadores, como grau de insegurança alimentar grave e problemas no desenvolvimento em crianças de até cinco anos de idade. Contudo, nesses dois temas o relatório não traz resultados para o Brasil, indicando que não havia dados disponíveis. O levantamento também avaliou indicadores de obesidade e anemia em mulheres em idade fértil (15-49 anos), porém em outro período de análise – em 2012 e em 2016. Em ambos os quesitos houve aumento nos índices. O percentual de mulheres obesas passou de 19,9% para 22,3%. Já a ocorrência de anemia passou de 25,3% para 27,2%.

Em uma leitura mais ampliada, os dados sobre subnutrição revelam que o índice no Brasil ficou abaixo da média registrada na América Latina (4,9%), no biênio 2015-2017. Outros países tiveram reduções expressivas no período de 2004-2006 a 2015-2017, como o Peru (de 19,8% para 8,8%) e Equador (de 17% para 7,8%). De um modo geral, a fome aumentou no continente impulsionada pelos índices da Venezuela. Em 2014, o Brasil saiu do mapa da fome, quando o índice de segurança alimentar fica abaixo dos 5%. *Agência Brasil

Homem é assassinado em via pública na cidade de Itambé


Um homicídio chocou a cidade de Itambé na noite de hoje (11/09). A cidade, distante 60 km de Vitória da Conquista, voltou a registrar um assassinato, após período de calmaria.

O crime aconteceu em via pública, assustando moradores da referida cidade. O nome da vítima ainda não foi divulgado. Uma equipe da 8ª Companhia Independente de Polícia Militar se deslocou até o local e registra a ocorrência.

Moradores de Itambé relataram a frieza e crueldade do crime. *Blog do Rodrigo Ferraz

Presos em fuga incendeiam caminhões e interditam rodovia BR-116


Um grupo fortemente armado com fuzis explodiu um muro da Penitenciária Estadual de Piraquara, no Paraná, libertando pelo menos 29 detentos.

Durante a fuga, por volta das 3h30, cinco caminhões e dois carros foram incendiados na altura do km 85 da BR-116, na região metropolitana de Curitiba, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Até as 10h40, o engarrafamento no sentido São Paulo já passava dos 30 quilômetros. No sentido contrário em Quatro Barras (PR), o trânsito foi liberado ainda na madrugada.

Até o fechamento da reportagem, nenhum detento havia sido recapturado. Um helicóptero da Polícia Militar e outro da Polícia Rodoviária Federal sobrevoam o local em busca dos fugitivos.

Esta não é a primeira fuga no Presídio de Piraquara. Em janeiro de 2017, 28 presos também explodiram o muro da penitenciária para fugir. *Blog do Rodrigo Ferraz

Homem é preso suspeito de estuprar neta de 11 anos em Maiquinique


Um homem de 57 anos foi preso suspeito de estuprar a neta de 11 anos, na manhã desta terça-feira (11/09), na cidade de Maiquinique, no sudoeste da Bahia. Conforme a Polícia Civil, ele já foi acusado de abusar de outras duas garotas em 2013.

De acordo com a polícia, a equipe da delegacia do município teve que se vestir como trabalhadores rurais para evitar que o suspeito, indentificado como Dionilio Pereira Silva, fugisse.

Segundo a Polícia Civil, a vítima disse, em depoimento, que o suspeito ameaçava ela para que não denunciasse o crime. A neta era abusada por Dionilio desde os 5 anos. A garota passará por um tratamento psicológico.

Em nota, a Polícia Civil informou que em 2013, Dionilio foi acusado de estuprar a cunhada e uma amiga dela. Na época, as duas garotas, ambas com 10 anos, passavam férias na casa do suspeito, em Maiquinique. O processo está em curso no Ministério Público (MP) da cidade de Macarani, também no sudoeste do estado. *G1

Peto prende quarteto com arma, drogas e máscaras de palhaço em Conquista


Ontem (10/09), o Peto da 77ª Cipm prendeu quatro pessoas suspeitas de tráfico de drogas no bairro Panorama, Alto da Colina, em Vitória da Conquista.

De acordo com a polícia, os suspeitos foram descobertos após a guarnição abordar Miraildo Guedes dos Santos, 19 anos, conduzindo uma motocicleta. Ele foi flagrado com drogas e revelou aos militares que numa residência, no mesmo bairro, havia mais produtos ilícitos. No imóvel os militares se depararam com outros três suspeitos e encontraram um revólver, munições, máscaras de palhaço e celulares.

Miraildo, Breno Ferreira Santos, 18 anos, Camila Rodrigues Pinto, 18 anos, e Daniela Barbosa Rodrigues Pinto, 24 anos, foram apresentados no Disep, juntamente com o material apreendido. *Blitz Conquista

Viabahia é obrigada pela Justiça Federal a duplicar BR-116 e pagar R$ 5 mi por atrasos em obras a pedido do MPF de Vitória da Conquista


A pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Vitória da Conquista, a Justiça Federal determinou, na terça-feira (04/09), que a ViaBahia Concessionária de Rodovias duplique os subtrechos 15 a 20 da BR-116, a partir do KM 735 até a divisa com Minas Gerais. A concessionária terá o prazo de 180 dias para apresentar à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) os projetos e licenciamentos de execução das obras, e mais 12 meses para concluir a duplicação de cada subtrecho, sem a possibilidade de revisão contratual. Além disso, deverá pagar R$ 5 milhões por danos morais coletivos, referentes ao atraso nas obras.

Entenda o caso – Em 2009, a União concedeu à Viabahia a exploração das rodovias federais BR-116 (entre Feira de Santana e a divisa da Bahia com Minas Gerais) e BR-324 (entre Salvador e Feira de Santana). Em contrapartida, a concessionária tinha a obrigação de executar obras de recuperação, manutenção, conservação e ampliação da capacidade das rodovias, com a remuneração proveniente do pedágio. Um dos tipos de obras de ampliação está condicionado ao volume de tráfego: quando determinado trecho da rodovia alcançasse um número previamente estipulado de tráfego diário de veículos, a concessionária teria a obrigação de ampliá-lo.

Os trechos 15 a 20 da BR-116 (totalizando 199 km) deveriam ter sido duplicados, pois, desde 2011, alcançaram o tráfego de 6.500 veículos diários. De acordo com as cláusulas de contrato, a Viabahia iniciaria as obras, divididas em 5 etapas, a partir de setembro de 2013. A quinta e última etapa deveria ser concluída em setembro deste ano, no entanto, a obra não foi nem iniciada. Em novembro de 2017, o MPF ajuizou ação por conta do descumprimento de tais obrigações por parte da concessionária.

Com sinais de espancamento e envenenamento, jovem morre no hospital Cristo Redentor em Itapetinga


O corpo do trabalhador rural Silvano de Jesus Queiroz, de 22 anos, foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) de Itapetinga, na tarde de domingo (09/09), após exame de necropsia. Ele morreu no hospital Cristo Redentor depois de passar mal na residência onde morava, na região do ‘Capa Bode’, no município de Nova Canaã.

Acompanhada de parentes, a esposa do trabalhador rural conversou com o site Itapetinga Repórter e disse que o companheiro tinha sérios problemas com o alcoolismo. Era um cidadão de bem, trabalhador, mas quando estava bêbado, se transformava. Na quinta-feira (06/09), o homem chegou em casa visivelmente alcoolizado e se desentendeu com a esposa. O irmão dela tentou apartar a briga, mas acabou agredindo o cunhado com um soco no olho.

Quando questionada sobre os sinais de espancamento pelo o corpo da vítima, a mulher garante que foi por conta da medicação que o companheiro tomou no hospital.  Ela disse ainda que os vizinhos presenciaram tudo e que Silvano não foi espancado.

Ainda na presença de familiares, a jovem (17 anos) informou que o esposo ficou muito decepcionado com o ocorrido, principalmente, pelo o fato de ter sido agredido por outro homem.  Ele então chamou um adolescente, conhecido da família, e pediu que escrevesse uma carta para seus familiares. Na carta, Silvano pede perdão e se despede de todos. A adolescente disse ainda que seu esposo foi para o quintal da casa e tomou um veneno usado para matar mato.

A Polícia Civil já deu início às investigações do caso. *Itapetinga Repórter