Tite convoca Seleção com Paquetá, Pedro, Dedé e Everton para amistosos; veja a lista de relacionados


Ciclo novo, novas caras. O técnico Tite fez jus à expectativa de novidades na seleção brasileira e divulgou a primeira convocação depois da Copa do Mundo na manhã desta sexta-feira, para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador, com jovens jogadores e nomes que não vinham aparecendo nas últimas listas, alguns inéditos. Dentre os quais Lucas Paquetá, Hugo, Dedé, Felipe, Fabinho, Andréas Pereira e Everton.

Ao lado de Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF, Tite anunciou a convocação na sede da entidade na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Antes da lista, no entanto, ficaram definidos dois pontos importantes:

  • O goleiro Ederson, do Manchester City, seria convocado, mas ficou fora por “motivos pessoais”.
  • Para não prejudicar no Brasileiro e nas semifinais da Copa do Brasil, apenas um titular por clube brasileiro foi convocado.

Procurei ser o mais justo possível. Minha responsabilidade é com a Seleção, mas também tenho que olhar o outro lado. Tentei equilibrar isso chamando apenas um de cada grupo. Eu tenho que dar a oportunidade aos atletas que merecem isso. Colocamos esse critério. Talvez forçar a convocação de um atleta do Palmeiras deixasse tudo igual, mas não quis deixar de dar a oportunidade ao Fred, por exemplo – explicou.

As próximas convocações já tem data para acontecer: dias 21 de setembro e 26 de outubro.
Confira a lista:
  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Hugo (Flamengo), Neto (Valencia).
  • Defensores: Alex Sandro (Juventus), Dedé (Cruzeiro), Fabinho (Liverpool), Fagner (Corinthians), Felipe (Porto), Filipe Luís (Atlético de Madrid), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG).
  • Meio-campistas: Andréas Pereira (Manchester United), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Lucas Paquetá (Flamengo), Philippe Coutinho (Barcelona), Renato Augusto (Beijing Guoan)
  • Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Everton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool), Neymar (PSG), Pedro (Fluminense), Willian (Chelsea) *Globo Esporte