Presidente autoriza executivo a abrir crédito suplementar para pagamentos de despesas; saiba quais!


O Vereador Paulo Bateria encaminhou nesta terça-feira, 04/12, ao Prefeito Municipal de Barra do Choça o Projeto de Lei nº 13 de 06 de novembro de 2017, que autoriza o Poder Executivo abrir credito suplementar, para Pagamentos de Despesas com Pessoal – Folha de Pagamento, Contrato Tempo Determinado, Obrigações Patronais – Previdência INSS , Material e Consumo Geral: Medicamentos, Mat. Hospitalar, Mat. Expediente, Combustível, Merenda Escolar e outros, outros Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica – Transporte Escolar, Locações, Consultorias, Limpeza Pública, Coelba, Embasa e outros, Obrigações Tributarias e Contributivas – Pasep Mensal, outros Auxílios – Auxilio Mais Médico, TFD E Auxilio Assistência Social; e Principal da Divida Contratual Resgatado – FGTS Parcelamento Caixa.

As informações foram divulgadas pelo presidente em seu perfil nas Redes Sociais.

Barra do Choça será beneficiada com seis novos poços, diz vereadora


Comunidades rurais de Barra do Choça serão contempladas com mais seis poços artesianos, a afirmação foi  da vereadora Sidalva Pereira, na sessão da câmara realizada nesta segunda-feira, 03/12.

Sidalva Pereira em parceria com o deputado Eduardo Salles realizam importante ação que melhorará a vida de centenas de famílias da zona rural do município. A vereadora acompanhou os técnicos da Companhia Ambiental e de Recursos Hídricos da Bahia (CERB) nas localidades onde serão instalados os referidos poços.Entre as comunidades beneficiadas estão a Associação Bebedouro; Sitio Santa Fé (Stª Branca); Baixa da Boa Vista; Sítio Sampaio (Stº Antonio II); Fazenda Sucupira (Sargento Lourival) e Pescoço de Félix.

Moradora de Riacho Santana procura por sua mãe Arlete Gonzaga em Barra do Choça


Meu nome é Sandra Margarete, moro em Riacho do Santana e procuro por minha mãe, Arlete…

Olá Jorge Amorim, preciso de sua ajuda!!!

Meu nome é Sandra Margarete nasci no dia 25/05/1966, no hospital da cidade circunvizinha chamada Caetité BA, de um parto cesariano, a senhora que mim deu a luz chamava-se Arlete.
Arlete chegou a Caetité acompanhada de sua mãe de nome jardilina, e diziam ter vindo de Barra do choça BA, vindo a pé para Bom Jesus da Lapa BA, com a finalidade de pagar uma promessa no santuário do Bom Jesus da Lapa, é a cidade histórica onde existem anualmente a romaria do Bom Jesus.
Em Caetité minha mãe Arlete e minha avó Jardilina foram amparadas pela madre Genoveva irmã da ordem das mercenárias na época madre superiora do instituto São José. Nos contatos posteriores feito com a freira e Arlete minha mãe, ela pediu a madre para arranjar alguém para criar-me pois ela não tinha condição. Genoveva consegui fazer contato com uma ex-aluna aluna do instituto residente aqui em Riacho de Santana BA

Boca no Trombone: Moradora de Barra do Choça queixa de queimadas em terrenos baldios


A imagem pode conter: nuvem, céu, atividades ao ar livre e natureza
Olá Jorge Amorim,
Jorge Gostaria de lhe pedir um favor!
Se possível pedir as pessoas que estão colocando fogo nos terrenos, para que eles mudem o horário destas queimadas, pois, durante o dia usamos para lavar roupas e principalmente, cuidado comas crianças. Tenho um bebê de colo em casa ai fica ruim para elas respirarem .
Estou muito chateada com isso. Peço que eles coloquem fogo a noite,  pois teremos mais tempo de tirar as roupas do varal e guardá-las. Quanto as nossas crianças, estarão em casa e sofrem menos.
Hoje acabei de lavar meu quintal e estou lavando roupas doente ai vem uma bença e faz isso 😰

Deputado Eduardo Salles e comitiva participam da 1ª Vaquejada Haras A&C


Ele foi um dos articuladores e o autor do Projeto de lei que regulamenta vaquejadas e cavalgadas como práticas desportivas e culturais na Bahia, refiro-me ao deputado estadual, Eduardo Salles.
Salles é um velho conhecido de Barra do Choça, onde obteve na última eleição, mais de 6 mil votos tornando-se o deputado mais bem votado na Terra do café.
Em seu discurso, o deputado emocionou ao relatar sua ligação com a vaquejada,  que iniciou na adolescência e se estende até os dias de hoje, o cativando e remembrando seu amor pelas tradições e culturas do interior.
Segundo Eduardo, a Vaquejada é um evento onde se pode encontrar amigos e fazer jus à uma cultura vaqueira tão ricae que representa o povo nordestino, e em especial os baianos.
Na oportunidade, Salles parabenizou o casal Agnaldo Carvalho e Cida França pela grande contribuição “por dar continuação à esse esporte que é cultura, tradição e que a família vaqueira tanto ama”, disse.
Uma comissão acompanhou o deputado Eduardo Salles ao evento. Liderada pelo ex-prefeito Oberdan Rocha, estiveram presentes, o ex-vereador Naelton Freitas, vereadores, os ex-secretários, Ricardo Amorim e Mário Sérgio Cortes, dentre outros.

Acompanhe a Galeria de Imagens: