Eduardo Salles alerta para ação de criminosos em ocupações de fazendas no sudoeste baiano


Presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Eduardo Salles está preocupado com a situação que os produtores do sudoeste da Bahia, em especial na região de Itapetinga, têm enfrentado com a ação violenta de criminosos que se dizem índios e estão invadindo propriedades.

“Famílias e trabalhadores estão sendo expulsos de suas terras e são obrigados a abandonar suas fazendas. Em três dias, mais de dez propriedades já foram invadidas. Vários homens armados estão roubando e sequestrando quem encontram nas fazendas”, alertou o parlamentar.

 Com o objetivo de resolver o impasse, o deputado conversou com o governador Rui Costa, no último sábado, durante a exposição agropecuária de Itabuna, e também com o secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, e o subcomandante da Polícia Militar, Coronel Reis, e os alertou sobre o atentado que a agropecuária baiana está sofrendo com essa situação.

“O governador já me sinalizou que assim que as reintegrações de posse dessas propriedades forem expedidas, o estado fará todos os esforços necessários para que sejam cumpridas. Já o secretário e o coronel me garantiram a realização de rondas e blitzes para prevenir a ação desses criminosos. Agora, também precisamos contar com a sensibilidade dos juízes e do Ministério da Justiça (Polícia Federal), para que as decisões sejam rápidas e que a ordem pública e a normalidade da atividade agropecuária na região sejam restabelecidas, antes que um conflito aconteça”, disse Eduardo Salles.

O parlamentar aproveitou para ressaltar que é preciso identificar os criminosos e que respeita os verdadeiros índios. “Deixo claro que os verdadeiros índios têm o meu respeito. Entretanto, para os criminosos, o rigor e peso da Justiça. Precisamos agora nos unir para mobilizar os diversos setores, como a imprensa, judiciário e segurança pública para que ações imediatas sejam adotadas”.

“Por isso, reafirmo meu compromisso em batalhar, em várias instâncias dos governos federal e estadual, para que o estado de direito dos produtores seja preservado”, conclui.

ASCOM/Dep.Eduardo Salles

O que revelam as pesquisas eleitorais – Vale a pena LER


Por Reinaldo Dias

“Bolsonaro – Com uma plataforma homofóbica, anti-imigração, racista, xenófoba e contrário à atuação das organizações não-governamentais, admirador confesso de Donald Trump e da ditadura militar…”

As recentes pesquisas eleitorais no Brasil mostram um quadro mais ou menos estável nos primeiros lugares, despontando dois candidatos populistas, um à esquerda, Luis Inácio Lula da Silva e outro de extrema direita, Jair Bolsonaro. São avaliações prematuras do que pode ocorrer no pleito de 2018 porque a conjuntura política está muito instável e certamente muitos fatos novos ainda virão e poderão envolver mais nomes e partidos. Está ocorrendo um processo de depuração nos partidos políticos e devassa na vida de seus principais quadros.

 Até o momento, a percepção do “rouba, mas faz” tem permitido um primeiro lugar ao candidato petista que nega com radicalidade seu envolvimento em corrupção e utiliza de todos os meios ao seu alcance para se defender das acusações. Caso se viabilize para a disputa eleitoral seus malfeitos serão melhor conhecidos por seu eleitorado cativo e, provavelmente perderá muitos deles que acrescidos aos 46% que o rejeitam inviabilizaria sua eleição.

 O mais surpreendente nas pesquisas eleitorais e que pode ser considerado um fato novo é o surgimento de um candidato de extrema direita com viabilidade eleitoral e que vem arregimentando adeptos por todo país. Com uma plataforma homofóbica, anti-imigração, racista, xenófoba e contrário à atuação das organizações não-governamentais, admirador confesso de Donald Trump e da ditadura militar, o deputado Jair Bolsonaro atinge uma marca sem precedentes para uma plataforma de direito ultrarradical. Sua taxa de rejeição de 30% faz dele uma ameaça real às instituições democráticas e aos avanços conquistados em direitos humanos no país.

 As pesquisas têm indicado que Jair Bolsonaro pode ficar em primeiro lugar nas pesquisas com Lula fora do páreo. Uma pulverização de candidaturas de centro poderia levar esse candidato a um segundo turno e colocaria o país numa situação arriscada e com a possibilidade de elegermos um anticandidato do establishment com propostas que foram derrotadas na segunda guerra mundial e que pensávamos que tinham acabado como lixo da história. A possibilidade é real. A descrença e o menosprezo dessa possibilidade levou Trump ao poder nos Estados Unidos. Não podemos cometer o mesmo erro.

 A questão central é a descrença e o desanimo da população com a política. A indignação deu lugar a apatia. A multiplicação de denúncias e o número de envolvidos, ao mesmo tempo que oferecem a oportunidade de saneamento do jogo político está levando a população a descrer no sistema e a julgar que não há saída. Por outro lado, as pesquisas indicam que 87% do eleitorado votará em candidatos que nunca tenham se envolvido em corrupção.

 A mobilização da sociedade civil com ações voltadas para elevar o nível de comprometimento dos candidatos com a sociedade é positiva. Merece destaque a articulação de empresários e figuras da vida pública para viabilizar um financiamento alternativo para campanhas eleitorais. Chamada de “Fundo Cívico”, a ideia é proporcionar bolsas de estudo para formação de pessoas interessadas em se candidatar ao legislativo nas próximas eleições.

  A ampliação do debate nas universidades poderia contribuir muito para que os estudantes se tornassem cidadãos mais comprometidos com práticas democráticas e se tornassem no futuro, alternativas para a renovação da prática política. Contudo, as universidades e faculdades isoladas não abrem oportunidade para debates nos seus espaços, o que facilita o aparelhamento das entidades estudantis por grupos minoritários. O incentivo à discussão dos problemas nacionais poderia envolver um número maior de estudantes e ampliar a participação política dos jovens.

A crise pela qual o país passa não se resolverá com o alheamento da política, ao contrário, só o aumento da participação política poderá esclarecer melhor os cidadãos sobre as posições que estão em jogo e qual seu real propósito. Se propostas racistas, xenofóbicas, homofóbicas claramente identificadas com o fascismo evoluírem na sociedade brasileira, teremos fracassado em construir uma democracia sustentada pelo respeito aos direitos humanos e à diversidade.

O especialista está disponível para comentar o assunto. Para acioná-lo basta encaminhar a solicitação para o e-mail: [email protected].

*Reinaldo Dias, professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, campusCampinas. É sociólogo, Mestre em Ciência Política e Doutor em Ciências Sociais pela UNICAMP

Point Caipira inova e realiza três dias de som ao vivo. Saiba mais!!!


Após um período parado, o Point mais charmoso da Terra do Café inova e traz para você, três dias de shows ao vivo. Isso mesmo, na sexta (06/10) tem George Musical, no sábado (07.10) se apresentam Israel Reis e Euzébio Oliveira e no domingo (08/10) quem se apresenta é Lauro Ferreira.

O Point CAIPIRA você já conhece, é sinônimo de qualidade, higiene e bom atendimento. Este empreendimento iniciado pelo empresário Marcelo, tem dado o que falar, ele é sem dúvida o espaço que agrega, entretenimento, lazer e diversão.

Na oportunidade, o Point estará apresentando o seu novo cardápio. Compareça e comprove o que estamos anunciando!

Sessão da Câmara de Vereadores de Barra do Choça, terá transmissão “ao vivo”, nesta segunda-feira, 02/10


O Blog do Jorge Amorim transmite “AO VIVO”, a sessão da Câmara de Vereadores de Barra do Choça, nesta segunda-feira, 02 de outubro, a partir das 19:00 horas.

O Blog conseguiu alcançar a QUALIDADE desejada. Agora você pode assistir os trabalhos do Legislativo Municipal sem sair de casa.

CLIQUE AQUI: https://www.facebook.com/jorgesantosamorim.amorim.1

Bioquímico Drº Matheus Oliveira participa do Congresso da Sociedade Brasileira de Patologia Clinica em SP


O Bioquímico Dr° Matheus Ribeiro de Oliveira da Qualilab (Laboratório de Analises Clínicas de Barra do Choça) participou neste final de semana em São Paulo, do Congresso da Sociedade Brasileira de Patologia Clinica (SBPC).

De acordo o empresário do laboratório Qualilab, os simpósios são necessários para fornecer informações que possibilite oferecer serviços com qualidade e segurança. Num breve bate papo com o Blog do Jorge Amorim, Drº Matheus, disse que  além das atualizações científicas, ele pode visitar o Núcleo Técnico Operacional (NTO) do DASA (Empresa Diagnósticos da América S.A), para onde são encaminhados os exames laboratoriais mais complexos da Qualilab. O DASA é o Parque Tecnológico com a maior quantidade de aparelhos modulados do mundo.

 

 

 

Maior ataque a tiros da história dos EUA mata 58 e deixa mais de 500 feridos em Las Vegas


Homem atirou do 32º andar do resort Mandalay Bay contra multidão que participava de festival de música country. Estado Islâmico reivindicou o ataque a tiros, que já é o mais letal da história dos EUA.

Xerife de Las Vegas diz que número de feridos passa de 500

Xerife de Las Vegas diz que número de feridos passa de 500

O massacre foi reivindicado pelo Estado Islâmico. O atirador, identificado como Stephen Paddock, de 64 anos, teria jurado lealdade ao grupo há alguns meses, segundo a Reuters, citando a agência Amaq, que é ligada aos extremistas.

No entanto, o FBI, a polícia federal americana, afirma que não foi encontrada nenhuma evidência de conexão de Paddock com grupos terroristas internacionais. Mais cedo, o xerife da polícia de Las Vegas, Joseph Lombardo, disse acreditar que não se trata de um atentado terrorista e afirmou que o atirador era um morador local, um “lobo solitário”.Foto de Stephen Paddock, suspeito de ter atirado contra multidão em Las Vegas, divulgada pelas redes CNN e a ABC (Foto: Reprodução JH/ G1)

A primeira informação oficial era de que o suspeito havia sido morto por policiais. Mais tarde, no entanto, Lombardo afirmou que o atirador se matou antes da chegada das forças de segurança. Com ele, foram encontrados 10 rifles.

Paddock teria começado a atirar por volta das 22h (horário local; 1h desta segunda, no horário de Brasília), na direção do Route 91 Harvest Festival, um festival de música country ao ar livre. Mais de 22 mil pessoas estavam no local. O número de vítimas ainda pode aumentar.
Médicos tratam feridos enquanto polícia de Las Vegas busca por suspeitos após centenas de tiros serem disparados em frente a resort e casino de Las Vegas (Foto: Chase Stevens/Las Vegas Review-Journal via AP)

A polícia chegou a dizer que uma mulher chamada Marilou Danley, de origem asiática, tinha viajado com o suspeito. Pouco depois, investigadores informaram que ela “não é mais procurada”. “Investigadores fizeram contato com ela e não acreditam que ela esteja envolvida com o tiroteio”, disse a polícia em nota. Agentes procuram um Tucson, com placa de Nevada, que teria sido usado pelo atirador.

Pessoas correm para deixar o local do festival de música country onde um atirador disparou sobre uma multidão em Las Vegas, nos EUA (Foto: David Becker/Getty Images/AFP)Pessoas correm para deixar o local do festival de música country onde um atirador disparou sobre uma multidão em Las Vegas, nos EUA (Foto: David Becker/Getty Images/AFP)

O site Gun Violence registra uma estatística de 272 grandes tiroteios nos Estados Unidos no decorrer deste ano, sem considerar ainda o de Las Vegas. Relembre os maiores ataques no país.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, considerou o ataque “um ato de pura maldade”. Ele também prestou condolências às vítimas e às famílias “no terrível tiroteio em Las Vegas”. “Deus abençoe vocês”, afirmou no Twitter. *G1