Estudantes de Barra do Choça protestam na prefeitura em apoio aos professores


Com cartazes, palavras de ordem e muita euforia, estudantes da rede pública de Barra do Choça reuniram-se para protestar contra o tratamento dado pela administração municipal aos professores.A manifestação ocorreu na manhã desta quinta-feira,10 de agosto. Cerca de 150 educandos percorreram a rua Dário Amorim em direção à prefeitura municipal em protesto pela falta de aula, e em apoio aos professores.De posse de um abaixo-assinado, os manifestantes cobravam do gestor público atenção para os professores, a realização de aulas aos sábados e antecipação do calendário do mês de janeiro.

Os jovens ainda foram à Câmara Municipal expressar a insatisfação quanto a atual situação da educação do município. Ali eles exibiram os cartazes, cantaram, pularam e em seguida foram ao encontro do gestor. Veja vídeo: http://blogdojorgeamorim.com.br/2017/08/video-do-prefeito-adiodato-cai-nas-redes-sociais-e-causa-alvoroco-em-barra-do-choca/

Vídeo do Prefeito Adiodato cai nas redes sociais e causa alvoroço em Barra do Choça


Não haverá aumento, afirmou o Prefeito.

De acordo o site de noticias Conquista News, a população de Barra do Choça está indignada com o vídeo que está circulando na internet do Prefeito Adiodato Araujo e estudantes do colégio Centro Educacional de Barra do Choça.

Segundo relatos no Facebook: “a cidade pede socorro, pois uma pessoa que prometeu fazer a mudança com responsabilidade não fez nada, nem com responsabilidade e nem sem responsabilidade, a unica responsabilidade que ele esta tendo é a cada dia deixar os moradores da nossa cidade mais irados do que já estão. Por favor prefeito, respeite os nossos professores, os nossos coordenadores e os nossos diretores e por favor nos ajude a poder ajudar você!! ”

Conquista News

Grave acidente é registrado na BR-116 na manhã de hoje


AcidenteNa manhã de hoje, sexta-feira (11), um grave acidente foi registrado na BR-116, próximo ao Posto Frei Damião, em Planalto, distante cerca de 19 km de Poções. De acordo as primeiras informações, dois carros de passeio colidiram frontalmente.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi chamada para atender a ocorrência. Uma ambulância da ViaBahia prestou socorro aos feridos. Ainda não se sabe o estado de saúde das vítimas.

Líder da facção Bonde do Maluco é morto em confronto com a polícia


As investigações indicam que Marreno fazia contato com presos custodiados no sistema prisional e determinava o assassinato de rivais

Considerado o número 1 na organização da facção Bonde do Maluco, Marcelo Batista dos Santos, o Marreno, foi morto na noite de quarta-feira (9) em confronto com a Força-Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, com o apoio de unidades do Comando de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar.

Marreno, segundo a SSP,  entrou em confronto, após abordagem na Via Parafuso, Linha Verde. Anselmo Nascimento Sena, comparsa e motorista dele, também atirou contra a polícia. Ambos foram atingidos e socorridos para o Hospital de Simões Filho, mas não resistiram aos ferimentos, segundo a SSP. Marcelo ocupava um dos lugares principais da lista com aproximadamente 80 alvos principais da SSP. Segundo monitoramento feito pela polícia, ele estava morando em uma cidade do interior de Alagoas e dando as ordens via telefone para os integrantes da facção que têm atuação em bairros de Salvador como Brotas, Cajazeiras e Liberdade. A atuação do BDM é conhecida por ter uma crueldade na execução de rivais ou desafetos. “Ele estava usando um documento falso de identidade com o nome de Mário Batista dos Santos. Isso nos fez perder um pouco de tempo para localizá-lo, mas no final achamos”, contou o coordenador da Força-Tarefa, major Marcelo Barreto.

As investigações indicam que Marreno fazia contato com presos custodiados no sistema prisional e determinava o assassinato de rivais. O major destacou que ele estava, desde o início da semana, entregando drogas e planejando ações criminosas, na Linha Verde. “Montamos a campana e seguimos acompanhando o veículo modelo Corolla, cor branca, utilizado por ele e Anselmo. No momento certo, sem colocar em risco inocentes fizemos a abordagem. Sabíamos, que pela periculosidade do criminoso, teria reação”, destacou Barreto. Anselmo, que morreu junto com Marreno, também tinha passagem em unidades policiais por roubos.O caso foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). As armas (pistola ponto 40 e espingarda calibre 12), drogas (dois tabletes de maconha) e munição apreendidas com os criminosos foram encaminhadas para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Correio