Homem sofre acidente na estrada de Itororó


Um caminhão caçamba carregado de brita tombou na rodovia BA-263, trecho que liga os municípios de Itapetinga e Itororó, na tarde de segunda-feira (19/11).

Informações de testemunhas dão conta que o acidente aconteceu nas proximidades do “Rio da Onça” depois que o motorista perdeu o controle da direção do veículo.

Apesar do susto e danos materiais, o motorista sofreu ferimentos leves, já recebeu alta médica e se recupera em casa. Ele foi identificado apenas como ‘Mármore’, morador de Itapetinga.

Não há informações sobre as causas do acidente. *Itapetinga Repórter

Número de bois e vacas mortos em fazenda da Bahia sobe para 125; suspeita é de intoxicação alimentar


Pelo menos mais 20 animais morreram em uma fazenda da zona rural de Tanhaçu, no sudoeste da Bahia, entre os dias 16 e 18 de novembro, onde até a última quinta-feira (15/11), 105 cabeças de gado já haviam morrido. Com a atualização, o número de mortos chega a 125.

De acordo com a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), a intoxicação alimentar continua sendo a principal suspeita das mortes. Ainda segundo a Adab, até a manhã de sexta-feira (16/11), quatro animais foram periciados, e a análise comprovou a tendência da intoxicação.

As amostras da ração, composta por grãos de milho e caroços de algodão, foram levadas para Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) de Vitória da Conquista e encaminhada para a Universidade de São Paulo (USP). O laudo final da causa das mortes deve sair nos próximos dias.

Caso

Na terça-feira (13/11), 60 animais foram encontrados mortos na Fazenda Pica-Pau. Desde então, outros animais morreram na mesma localidade. De acordo com a Adab, que investiga a causa das mortes, por conta do período estiagem na região, o gado se alimentava com milho e sementes de algodão. Normalmente, essas são as opções dos criadores para a falta de pastagem em tempos de seca.

Os indícios são de que os animais tenham ingerido uma quantidade concentrada e não volumosa, em altas doses de aditivo alimentar, o que teria gerado uma reação intoxicante. *G1

Dia da Consciência Negra será feriado em Barra do Choça, 20/11; acompanhe a programação cultural do dia


O Dia da Consciência Negra é uma data comemorativa. Por não ser um feriado nacional, cabe a Estados e municípios optar se há expediente ou não. Em Barra do Choça, o movimento de Cultura Afro acionou o então vereador Paulo de Jesus (PT), que acatou prontamente as solicitações e requereu do prefeito Oberdan Rocha, a adoção do dia 20 de novembro, como feriado municipal.

Na ocasião, o prefeito enviou à Câmara o Projeto de Lei, que foi aprovada por unanimidade. Assim nasceu a  Lei nº 310, de 28/12/2017, com o intuito de homenagear “Zumbi”, um escravo que foi líder do Quilombo dos Palmares e morreu em 20 de novembro de 1695.

Com a aprovação da lei, Barra do Choça passou a integrar o seleto grupo de municípios baianos, onde tem o dia 20 de novembro, como feriado municipal.

Blog do Jorge Amorim será um dos Destaques do Jornal do Dária, edição 2018


O diretor do blog de maior credibilidade de Barra do Choça, Blog do Jorge Amorim será um dos entrevistados do Jornal do Dária. O responsável pelo blog esteve na última sexta-feira(16), concedendo entrevista às estudantes, Clara Aguiar (16) e Mírian Santos (16), ambas da Turma D do Ensino Médio.

Foi um bate papo interessante. As estudantes perguntaram sobre a origem do blog, números de visualizações, objetivos, dificuldades, planos futuros, etc. O impresso é uma realização do Colégio Estadual Dária Viana de Queiroz, nele trazem notícias relacionadas ao município de Barra do Choça e das realizações do Estabelecimento de Ensino.

Estudantes do Curso Técnico em Enfermagem realizarão II Feira de Saúde, em Barra Nova, domingo, 25/11


 Os estudantes de Barra do Choça do Curso Técnico em Enfermagem do Colégio Politécnico Florence realizam no próximo domingo (25), a partir das 8:00 horas, a ll Feira de Saúde.

O evento ocorre no Distrito de Barra Nova. A feira terá como temática “Diga não ao sedentarismo! Mexa-se pela saúde”. Será oferecida uma vasta programação, como: atividades esportivas, músicas ao vivo, recreação, bate papo, dentre outras.

A atividade faz parte do encerramento do curso. Todos devem comparecer!

Barra do Choça está na lista dos 3925 municípios brasileiros que podem ficar sem recursos federais em 2019


O início de 2019 pode ser de mais dor de cabeça para os prefeitos de 3925 municípios do Brasil, e em especial para Barra do Choça…

Prefeitura de Barra do Choça

O início de 2019 pode ser de mais dor de cabeça para os prefeitos de 3925 municípios do Brasil, que já reclamam da falta de dinheiro para honrar compromissos e estão partindo até mesmo para exonerações em massa de servidores, especialmente os comissionados.

O início de 2019 pode ser de mais dor de cabeça para os prefeitos de 101 municípios de Alagoas, que já reclamam da falta de dinheiro para honrar compromissos e estão partindo até mesmo para exonerações em massa de servidores, especialmente os comissionados. Com exceção de Maceió, todos os demais ainda não atenderam ao prazo para manter o Cadastro da Dívida Pública (CDP) atualizado no Sistema de Análise da Dívida Pública, Operações de Crédito e Garantias da União, Estados e Municípios (Sadipem).

Repasses federais para municípios, via convênios com a União, podem ser suspensos

De nome pomposo, a regra é simples: quem não homologar o CDP até 30 de janeiro de 2019 vai ficar impedido de receber transferências voluntárias da União já no dia seguinte, 31 de janeiro. Com isso, serão inscritos no Cadastro Único de Convênios (CAUC), mantido pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o que impede Estados e municípios de receber recursos federais – uma espécie de SPC do governo federal.

O cadastro já era exigido, desde 2001, para os Municípios que desejassem contratar operação de crédito por meio de Pedidos de Verificação de Limites (PVL) junto às instituições financeiras ou a elas equiparadas. A norma, resultante da resolução do Senado Federal 43/2001, previa a obrigatoriedade, conforme a própria Lei de Responsabilidade Fiscal nos seus artigos 31 e 32.

Recentemente, após edição do art. 27 da LC 156/2016 – que alterou o art. 48 da LRF -, o alcance da norma foi ampliado, para acrescentar também como requisito para transferências voluntárias o registro eletrônico centralizado e atualizado das dívidas públicas interna e externa, chamado de Cadastro da Dívida Pública (CDP).

No CDP deverão ser registradas informações adicionais extras a dívida consolidada, tais como precatórios, passivo atuarial e insuficiências financeiras, em razão do impacto econômico-financeiro no Estado ou município. A dívida pública se refere ao conjunto da qual a operação de crédito (empréstimo) faz parte, assim como os restos a pagar, precatórios, dívidas previdenciárias, depósitos em garantia e demais espécies de dividas de médio e longo prazo. A novidade, vigente para o próximo ano, foi definida pela Portaria STN 569/2018. www.i9treinamentos.com

Clique aqui e veja se seu município está na relação de inadimplentes.